Mercado fechará em 6 h 3 min
  • BOVESPA

    119.989,58
    +692,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.926,43
    +422,72 (+0,89%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,25
    +1,07 (+1,78%)
     
  • OURO

    1.738,40
    -9,20 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    63.832,61
    +853,95 (+1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.371,83
    -3,95 (-0,29%)
     
  • S&P500

    4.148,02
    +6,43 (+0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.839,77
    +162,50 (+0,48%)
     
  • FTSE

    6.919,23
    +28,74 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,63 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    +82,29 (+0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.967,00
    -8,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7980
    -0,0332 (-0,49%)
     

Solução de blockchain será usada para rastrear gastos públicos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - Uma ferramenta baseada na tecnologia blockchain será usada para rastrear gastos públicos no Brasil. Batizada de GOV Token, a solução baseia-se numa rede na qual são registrados os recursos liberados por entidades públicas, por meio da emissão de tokens, representações eletrônicas de uma quantia em dinheiro.

As movimentações financeiras ficam gravadas em uma cadeia de blocos e podem ser acessados pelo público. E o registro permite rastrear o que foi feito o recurso, incluindo quem o emitiu, quem o recebeu e como foi usado.

Apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio) e a GOV Token foi desenvolvida pela Investtools, informou a empresa carioca de tecnologia nesta terça-feira.

(Por Aluísio Alves)