Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    57.422,21
    -4.746,46 (-7,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Solto após ser filmado agredindo mulher com socos em Ilhéus, homem é preso mais uma vez por ameaçar outra ex

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Em outubro do ano passado, Carlos Samuel já respondia por outros 10 crimes de violência contra outras mulheres — agora são 12 (Foto: Reprodução/Twitter)
Em outubro do ano passado, Carlos Samuel já respondia por outros 10 crimes de violência contra outras mulheres — agora são 12 (Foto: Reprodução/Twitter)

Carlos Samuel Freitas Costa Filho, que foi filmado espancando uma mulher com socos no rosto em Ilhéus, na Bahia, em 2020, foi preso novamente nesta quarta-feira (10). Desta vez, segundo a Secretaria de Segurança Pública, ele foi detido após ameaçar outra ex-namorada também em Ilhéus. 

Em outubro do ano passado, o homem chegou a ser preso pelas agressões registradas no vídeo, mas foi solto para responder pelo crime em liberdade. À época, Carlos Samuel já respondia por outros 10 crimes de violência contra outras mulheres — agora são 12. 

Leia também

De acordo com o delegado responsável pela investigaçao, Evy Paternostro, no mesmo dia da soltura, Carlos Samuel procurou a outra ex-namorada para tentar reatar a antiga relação. Com a negativa, segundo ele, o homem teria a ameaçado.

"Ele tentou reatar um antigo relacionamento e, com a recusa da mulher, começou a ameaçá-la", disse o delegado, em nota divulgada pela SSP.

Paternostro ainda ressalta que Carlos Samuel tem outras duas condenações, dos anos de 2015 e 2020, por violência contra a mulher — além dos outros registros.

Segundo a polícia, os inquéritos anteriores não avançaram depois das recusas de vítimas em denunciar os crimes ou ir até à delegacia. 

Além disso, Carlos Samuel chegou a ser preso em flagrante por agredir a própria mãe, mas também foi liberado para responder em liberdade.

Relembre o caso

O crime aconteceu no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus, e um vídeo que mostra as agressões circulou nas redes sociais em outubro de 2020.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As imagens foram gravadas por um morador e mostram o agressor e a vítima na frente de uma casa. A mulher, que está encostada num carro com o homem na frente dela, pede diversas vezes para que ele deixe o local.

“Me solte e vá embora. Você acha que porque você é amigo de polícia. Eu vou dar queixa de você aqui, minha boca está do jeito que está”, disse a mulher.

No vídeo, é possível ver o agressor pedindo para o autor do vídeo descer. A mulher, porém, diz para que o morador não faça isso. Logo depois, o agressor dá socos na mulher.