Mercado abrirá em 7 h 47 min
  • BOVESPA

    107.937,11
    -1.004,57 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,33 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    36.087,52
    +109,62 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,53
    +10,93 (+1,35%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.113,13
    -475,24 (-1,72%)
     
  • NASDAQ

    14.318,50
    -182,50 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2127
    -0,0160 (-0,26%)
     

SoftBank vai tomar US$4 bi emprestados da Apollo, diz fonte

·1 min de leitura

Por Chibuike Oguh

(Reuters) - O SoftBank está tomando emprestado quase 4 bilhões de dólares de um grupo liderado pela firma de private equity Apollo Global, disse uma fonte familiarizada com o assunto, enquanto busca aumentar o caixa disponível depois que suas finanças ficaram sob pressão.

O empréstimo, a ser garantido pelo Vision Fund 2 do SoftBank, deve ser obtido até o final do ano, disse a fonte.

A gigante japonesa de investimentos comprometerá algumas de suas participações em empresas de tecnologia para o empréstimo, disse a fonte, que pediu anonimato.

Além da Apollo, sua afiliada de seguros Athene e outros fundos mútuos, dotações e instituições financeiras fornecerão o empréstimo, disse a fonte.

O SoftBank experimentou uma rápida mudança no último ano, com o preço das ações e as avaliações do portfólio despencando em meio à pandemia Covid-19, que o forçou a vender ativos.

Para piorar, a Grab, que está no portfólio do grupo, viu uma queda de 44% no preço das ações desde que abriu o capital no início deste mês. E o acordo do SoftBank para vender a fornecedora britânica de tecnologia de chips Arm para a Nvidia também encontrou obstáculos regulatórios.

A empresa tem levantado capital reduzindo participações em empresas como Uber e a empresa de entrega de alimentos DoorDash após o término dos períodos de bloqueio.

Campanhas de fiscalização da China sobre o setor de tecnologia também tirou o brilho da empresa de comércio eletrônico Alibaba, a aposta mais valiosa do SoftBank.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos