Mercado fechado

SoftBank lidera investimento de US$ 125 milhões em fintech mexicana

Giovanna Almeida
SoftBank lidera investimento de US$ 125 milhões em fintech mexicana

O SoftBank anunciou, nesta segunda-feira (27), que seu fundo na América Latina está liderando um grupo que fará um aporte de US$ 125 milhões (cerca de R$ 527 milhões na cotação atual) na fintech mexicana AlphaCredit.

A AlphaCredit fornece soluções de crédito para pequenas e médias empresas na América Latina, além de possuir uma linha de crédito destinada ao consumidor final. Segundo um comunicado divulgado pela fintech, o investimento liderado pelo SoftBank ajudará empresas de pequeno porte.

“Este investimento nos permitirá seguir fornecendo empréstimos rápidos, fáceis e flexíveis para indivíduos e pequenas empresas, ajudando-os a melhorar sua qualidade de vida e promover o crescimento econômico”, afirmou o co-fundador da fintech mexicana, José Luiz Orozco, em nota.

A fintech, fundada em 2010, já chegou a marca de US$ 1 bilhão em empréstimos concedidos a mais de 500 mil clientes. A empresa busca oferecer taxas de juros inferiores as que são apresentadas por grandes instituições financeiras. Para isso, a fintech utiliza tecnologia para analisar o comportamento dos consumidores e atingir baixas taxas de inadimplência.

“Sua abordagem é superior a todos os que pertencem ao seu ecossistema”, declarou o diretor de investimentos do SoftBank Internacional, Paulo Rossini, sobre a AlphaCredit.

Investimentos do SoftBank na América Latina

O sócio-gerente do SoftBank Group International, André Maciel, afirmou, em dezembro do ano passado, que o banco não pretende desacelerar os investimentos que estão sendo realizados na América Latina.

Saiba mais: SoftBank pretende realizar investimentos maiores na América Latina

De acordo com Maciel, a instituição financeira japonesa fará menos investimentos no próximo ano. No entanto, o valor dos aportes serão superiores aos que foram realizados neste ano. Os investimentos ocorrem por meio do Vision Fund para a América latina, fundo anunciado no ano passado que tem como objetivo o financiamento de startups sul-americanas.

"A gente ainda não fez as maiores transações que a gente tem em mente", afirmou Maciel. O executivo não informou quanto o SoftBank já investiu em empresas sul-americanas, pois alguns dos investimentos ainda não são públicos. A estimativa é que o valor investido esteja entre R$ 6 bilhões e R$ 10 bilhões.