Mercado abrirá em 3 h 51 min
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,45
    +0,17 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.710,80
    -5,00 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    50.135,46
    +230,34 (+0,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.004,20
    +16,99 (+1,72%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.623,12
    -52,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.644,75
    -37,00 (-0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7699
    -0,0088 (-0,13%)
     

Socorristas redobram esforços para salvar 21 mineiros na China

·1 minuto de leitura
Dois membros de uma equipe de resgate trabalham numa mina em Qixia, leste da China, onde 22 trabalhadores ficaram presos após uma explosão

As equipes de resgate perfuravam o solo nesta quinta-feira (21) na China, na esperança de salvar 21 mineiros presos há mais de 10 dias, informou a mídia estatal.

No total, 22 trabalhadores de uma mina de ouro em Qixia, na província de Shandong (leste), ficaram presos a várias centenas de metros de profundidade, após uma explosão em 10 de janeiro.

Desde então, as equipes de resgate conseguiram entrar em contato com um grupo de 11 homens, presos a cerca de 580 metros abaixo do solo, embora um deles tenha morrido devido à deflagração, segundo informado na quarta-feira pela televisão pública CCTV.

Dois condutos foram perfurados pelos quais alimentos, remédios e telefones estão sendo entregues a eles; e está sendo ampliado um poço que em princípio servirá para evacuação, segundo a emissora.

Não há informações sobre os outros 11 trabalhadores. Além disso, o aumento da água subterrânea preocupa os socorristas.

"Detectores de presença e soluções nutritivas foram colocados em outras seções da mina para detectar mineiros dos quais não temos notícias. Mas nenhum sinal de vida foi detectado", disse a agência de notícias Xinhua.

O acidente só foi divulgado um dia após ocorrido, um atraso que levou à destituição de duas autoridades de Qixia, o chefe local do Partido Comunista e o prefeito.

Os acidentes de mineração são frequentes na China, devido às precárias medidas de segurança e ao descumprimento das normas.

Em dezembro, 23 mineiros morreram em uma escavação de carvão em Chongqing (sudoeste).

lxc/ehl/bar/jhd/jvb/es/mr