Mercado fechará em 13 mins
  • BOVESPA

    109.778,95
    +2.400,03 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.893,43
    +626,23 (+1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,92
    +1,86 (+4,32%)
     
  • OURO

    1.804,70
    -33,10 (-1,80%)
     
  • BTC-USD

    19.170,46
    +718,50 (+3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,14
    +10,39 (+2,81%)
     
  • S&P500

    3.635,59
    +58,00 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.040,72
    +449,45 (+1,52%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.065,25
    +160,00 (+1,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3949
    -0,0454 (-0,70%)
     

SocGen busca comprador para unidade de gestão de ativos: Fontes

Jan-Henrik Foerster e Steven Arons
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Société Générale decidiu vender sua unidade de gestão de ativos Lyxor após uma revisão estratégica de um ano, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

O banco francês trabalha com um assessor para buscar um comprador para a divisão, segundo as pessoas, que não quiseram ser identificadas. O SocGen começou a estudar opções para o negócio no ano passado e tem avaliado informalmente o interesse por diferentes partes da unidade, disseram as pessoas.

A Lyxor, uma das maiores provedoras de fundos de índice da Europa, administra cerca de 149,8 bilhões de euros (US$ 174,8 bilhões) em ativos, de acordo com o site da empresa. A venda da Lyxor faria parte da série de tentativas para a venda de ativos por parte do CEO do SocGen, Frederic Oudea, que tenta fortalecer as reservas de capital do banco e aumentar a rentabilidade.

Nenhuma decisão final foi tomada e não há certeza de que as discussões resultarão em uma venda, disseram as pessoas. Um representante do SocGen não quis comentar.

Nos últimos anos, o SocGen vendeu sua empresa nórdica de operações de leasing bem como a unidade belga de private bank. O banco também tentava vender a unidade de private bank Kleinwort Hambros no Reino Unido, embora tenha decidido manter o negócio depois que vários pretendentes desistiram do processo, segundo reportagem da Bloomberg News em fevereiro.

Bancos têm reavaliado suas operações de gestão de ativos, que geralmente exigem menos capital, mas requerem escala para competir, já que as taxas do setor estão cada vez mais sob pressão. O Banco de Montreal e o Wells Fargo estão entre as instituições que estudam opções para suas unidades de fundos, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.