Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,70
    -1,27 (-1,76%)
     
  • OURO

    1.766,00
    +14,60 (+0,83%)
     
  • BTC-USD

    43.342,77
    -4.278,55 (-8,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.076,57
    -57,81 (-5,10%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.996,25
    -329,75 (-2,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2475
    +0,0481 (+0,78%)
     

Sobrinho de Bolsonaro pede bitcoins para financiar manifestações de 7 de setembro

·2 minuto de leitura
Pote de doações com Bitcoin dentro
Pote de doações com Bitcoin dentro

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal deferiu o bloqueio de chaves PIX que estariam sendo utilizadas para reunir doações em prol de atos antidemocráticos. Dessa forma, o sobrinho do presidente Jair Bolsonaro, Leo Indio, agora criou uma carteira de Bitcoin para receber fundos da vaquinha.

O Bitcoin é uma moeda digital que funciona pela internet e não tem controle de governos e empresas. Assim, qualquer pessoa interessada em utilizar essa tecnologia livre de interferências basta criar uma carteira.

Vale o destaque que o Bitcoin foi criado justamente para permitir que a população controle seu dinheiro, sendo essa uma tecnologia libertária do ponto de vista político.

Sobrinho de Jair Bolsonaro pede Bitcoin em “vaquinha”

O Ministro do STF Alexandre de Moraes decidiu no dia 20 de agosto que era necessário bloquear uma chave PIX que vinha recebendo doações para patrocinar atos considerados antidemocráticos, conforme publicado pelo Folhapress.

Essa possibilidade de bloquear as chaves PIX deixou então levou os organizadores a buscarem novas formas de receber as doações.

O sobrinho do presidente Jair Bolsonaro, Leonardo Rodrigues de Jesus, conhecido como “Leo Indio”, acabou criando uma carteira de Bitcoin, que passou a ser uma alternativa a chave PIX que ainda estaria funcionando.

De acordo com sua publicação feita em redes sociais, as pessoas poderiam enviar PIX ou Bitcoin, o que achassem melhor.

Sobrinho de Jair Bolsonaro pede Bitcoin como doação
Sobrinho de Jair Bolsonaro pede Bitcoin como doação/Instagram

Nenhum Bitcoin foi recebido

Vale notar que o Bitcoin é uma tecnologia nova para muitas pessoas e não costuma ser associado a política, visto que a muitos deste ramo acreditam que a moeda digital é um risco por não ser regulamentada.

Mesmo assim, a iniciativa de fazer uma vaquinha com Bitcoin para apoiar atos pró-Bolsonaro no dia sete de setembro ainda não recebeu muita atenção das pessoas. Em uma consulta feita pelo Livecoins, mesmo com uma semana da publicação do sobrinho do presidente, nenhuma fração da moeda digital foi recebida no endereço público da carteira.

Endereço de Bitcoin usada para vaquinha de sete de setembro não recebeu nenhum satoshi
Endereço de Bitcoin usada para vaquinha de sete de setembro não recebeu nenhum satoshi/Blockchain.com

Vale notar que o presidente Jair Bolsonaro disse em uma live recente que 99% das pessoas ainda não sabem o que é o Bitcoin, inclusive ele mesmo.

“Deixa eu te fazer uma pergunta: sabe mexer com Bitcoin? Eu também não. E acredito que 99% de quem está nos Assistindo”.

Na ocasião, ele comentava sobre um antigo projeto de criptomoeda que seria feito pela FUNAI, mas acabou vetado pelo seu governo.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos