Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,82
    +2,33 (+3,35%)
     
  • OURO

    1.784,90
    +5,40 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    50.748,96
    +1.507,50 (+3,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.309,55
    -11,73 (-0,89%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.358,00
    +515,25 (+3,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3320
    -0,0916 (-1,43%)
     

Sobrando, Sousa goleia ABC e fica a um passo da fase de grupos no Nordestão 2022

·3 min de leitura


Apoiado pelo calor, pelas pouco menos de 200 pessoas no Marizão e em uma tarde bastante inspirada, o Sousa não tomou conhecimento do ABC (que levou uma equipe alternativa por estar concentrado na Série D) e aplicou um imponente 3 a 0 no sertão da Paraíba pela Pré-Copa do Nordeste. Agora, o time dirigido por Tardelly Abrantes pode perder por até dois gols de diferença que se garantirá na fase de grupos da competição regional, algo que não acontece desde o ano de 2013.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

SAIU PRO JOGO...

Tentando se aproveitar de maior conhecimento do gramado além da alta temperatura no sertão paraibano, o Dinossauro não hesitou no momento de usar as pontas para trazr problemas a defesa adversária e criar oportunidades interessantes no chute cruzado de Arthur e até mesmo na boa enfiada de bola executada por Daniel Costa. Porém, se na primeira delas faltou pontaria, na segunda o camisa 11 do Sousa notoriamente "forçou" uma penalidade não vista pelo árbitro onde ainda lhe rendeu cartão amarelo por simulação.

... E ABRIU (BOA) VANTAGEM

Com maior presença ofensiva, o gol do time da casa veio na batida de escanteio executada por André, no lado direito do ataque, onde o zagueiro Adriano foi preciso em testar a bola no canto oposto de Welligton. Apenas dois minutos depois, o Sousa se valeu de um erro crasso da defesa abcedista onde Keyllor, batendo com desvio da zaga adversária, tornou a dianteira paraibana ainda mais interessante no Marizão. Tamanho era o domínio dos anfitriões até a metade da primeira etapa que a dianteira poderia ter sido ainda mais dilatada com quando Jó Boy (mandando de peixinho por sobre o travessão) e Arthur, batendo por cima do goleiro, mas vendo a bola encobrir também a meta.

REAÇÃO TÍMIDA

Com a volta do intervalo, ao menos na base da motivação para diminuir a desvantagem, o que se esperava era uma maior mobilidade e capacidade do ABC em compactar o sistema defensivo e ser mais insinuante no ataque. Porém, mesmo nos lances de bola alçada, a capacidade de assustar a meta de Ricardo se limitou a uma bola que quicou e, passando por cima do arqueiro, teve Marcelo evitando o pior ao tocar de cabeça para escanteio.

MANDOU A LETRA

Mesmo com a mudança de postura onde as linhas foram recuadas para aproveitar o espaço para os contra-ataques, era o time da Paraíba quem seguia sendo mais perigoso e próximo de marcar o terceiro. Algo que efetivamente aconteceu quando, em boa jogada pelo lado direito, João Vitor cruzou e o centroavante Rodrigo Poty tocou de letra para balançar as redes de Welligton.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
​SOUSA 3 x 0 ABC

Local: Estádio Marizão, em Sousa (PB)
Data e hora: 27/10/2021 - 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA)
Assistentes: Edevan de Oliveira e Luanderson Lima dos Santos (ambos BA)
Cartões amarelos: Arthur, Romeu, Marcelo (SOU); Vinícius Silva, Rodrigo Fumaça (ABC)
Cartões vermelhos:

GOLS: Adriano (14'/1°T) (1-0), Keyllo (16'/1°T) (2-0), Rodrigo Poty (32'/2°T) (3-0)

SOUSA (Técnico: Tardelly Abrantes)

Ricardo, André (Marlisson, aos 36'/2°T), Marcelo, Adriano e Weslley (Danilo Itaporanga, aos 4'/2°T); Romeu, Daniel Costa e Jó Boy; Keyllo (João Vitor, aos 11'/2°T), Arthur e Rodrigo Poty (Gilson, aos 37'/2°T)).

ABC (Técnico: Moacir Júnior)

Welligton, Bruno Souza, Suéliton, Alexandre (Donato, aos 35'/2°T) e Vinícius Silva; Felipe Manoel, Allef e Marcos Antônio (Denner, no intervalo); João Marcos (Felipinho, aos 41'/2°T), Gustavo Henrique (Ferreira, aos 34'/2°T) e Claudinho (Rodrigo Fumaça, no intervalo).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos