Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.521,77
    -7,11 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

Snapdragon 782G estreia como versão aprimorada do 778G Plus

Com um anúncio bastante tímido, a Qualcomm apresentou nesta terça-feira (22) o Snapdragon 782G, nova plataforma da companhia destinada a celulares intermediários premium. O componente chega como uma versão levemente aprimorada do 778G Plus, chip mais popular da marca para a categoria da geração anterior, prometendo ganhos modestos de até 10% graças à CPU e GPU com velocidades ligeiramente mais altas.

Antes de discutir a novidade, é importante destacar que a série 7 já havia recebido um novo processador avançado, o Snapdragon 7 Gen 1, adaptado para a nova nomenclatura simplificada da Qualcomm.

Dito isso, apesar de bagunçar essa lógica, o Snapdragon 782G (ou SM7325-AF) honra o antigo sistema de nomes por ser praticamente idêntico ao Snapdragon 778G Plus, atuando assim como uma espécie de revisão do antigo componente, por sua vez um modelo aprimorado do 778G original.

Versão revisada do Snapdragon 778G Plus (que por sua vez já era uma revissão do 778G original), o Snapdragon 782G promete ganhos de 5% em CPU e 10% em GPU (Imagem: Divulgação/Realme)
Versão revisada do Snapdragon 778G Plus (que por sua vez já era uma revissão do 778G original), o Snapdragon 782G promete ganhos de 5% em CPU e 10% em GPU (Imagem: Divulgação/Realme)

Equipada com 8 núcleos em 6 nm, a CPU da novidade traz configuração de 1 + 3 + 4 núcleos, sendo 1 Cortex-A78 de alto desempenho rodando a até 2,7 GHz, 3 Cortex-A78 a até 2,2 GHz e 4 Cortex-A55 de alta eficiência a 1,9 GHz — apenas o núcleo de mais alto desempenho foi modificado, subindo a frequência de operação em 200 MHz. A Qualcomm promete que essa mudança proporciona 5% mais performance, e ainda que a empresa não deixe claro, o avanço deve ser visto apenas em tarefas que trabalhem com apenas 1 núcleo.

A GPU é a mesma Adreno 642L da geração anterior, mas também trabalhando a velocidades mais altas. Apesar do clock não ser especificado, a gigante garante que o processamento gráfico do Snapdragon 782G é até 10% superior ao do Snapdragon 778G Plus. O restante das especificações foram mantidas, começando pelo suporte ao carregamento Quick Charge 4 Plus, que promete recuperar 50% da bateria em 15 minutos.

Com lançamento marcado para esta quarta-feira (23), o Honor 80 deve ser o primeiro smartphone do mercado a contar com o novo Snapdragon 782G (Imagem: Honor)
Com lançamento marcado para esta quarta-feira (23), o Honor 80 deve ser o primeiro smartphone do mercado a contar com o novo Snapdragon 782G (Imagem: Honor)

O processamento de IA também é similar, assim como o Processador de Sinal de Imagem (ISP) capaz de suportar sensores de até 200 MP. Outro aspecto a não trazer novidades é a conectividade: enquanto o modem Snapdragon X53 é compatível com redes 5G Sub-6 GHz e mmWave com velocidades de download de até 3,7 Gbps, o sistema FastConnect 6700 comporta Bluetooth 5.2 e até mesmo Wi-Fi 6E, mas com taxas de transferência razoavelmente modestas de até 2,9 Gbps.

Sem um anúncio tradicional, a Qualcomm não divulgou qual seria a primeira empresa a apostar no Snapdragon 782G. Dito isso, a Honor confirmou recentemente que o Honor 80, intermediário cujo lançamento está marcado para esta quarta-feira (23), virá embarcado com a plataforma, devendo assim ser o aparelho a estrear o componente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: