Mercado fechado

Snapchat fecha a conta de Donald Trump na rede social

Rubens Eishima
·1 minuto de leitura

Os dias de influenciador digital de Donald Trump parecem contados, após ser bloqueado ou expulso do Twitter, Facebook, Instagram e YouTube, agora o presidente dos Estados Unidos foi banido do Snapchat.

A decisão foi divulgada pela Snap à imprensa, após uma suspensão temporária da conta na semana passada. O comunicado distribuído pela empresa menciona a incitação à violência, entre outras violações das políticas de uso da rede social, como motivos para a ação.

“Na semana passada, anunciamos uma suspensão indefinida da conta do Presidente Trump no Snapchat e temos avaliado quais ações de longo prazo são do melhor interesse de nossa comunidade no Snapchat. No interesse da segurança pública, e com base em suas tentativas de espalhar desinformação, discurso de ódio e incitar à violência, que são violações claras de nossas diretrizes, tomamos a decisão de encerrar definitivamente sua conta.”

A justificativa é a mesma apresentada pelas outras redes sociais, que reagiram aos discursos do presidente norte-americano convocando seus seguidores a protestar contra os resultados da eleição em que foi derrotado. Trump não apresentou provas concretas de fraude no pleito e teve suas ações na Justiça norte-americana — com maioria conservadora na Suprema Corte — derrubadas uma a uma.

Os discursos inflamados do político e influenciador foram apontados como incitação para a invasão ao Capitólio — sede do legislativo norte-americano —, em uma ação que deixou pelo menos cinco mortos, incluindo um policial.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: