Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.781,40
    +4,00 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    34.012,64
    +1.448,10 (+4,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    815,67
    +21,35 (+2,69%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.474,31
    +164,55 (+0,58%)
     
  • NIKKEI

    28.917,00
    +32,87 (+0,11%)
     
  • NASDAQ

    14.291,75
    +33,50 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9117
    -0,0081 (-0,14%)
     

Smithsonian restaura primeira roupa de astronauta americano para exposição

·2 minuto de leitura
Smithsonian restaura primeira roupa de astronauta americano para exposição
Smithsonian restaura primeira roupa de astronauta americano para exposição

O Museu Smithsonian está restaurando a primeira roupa do astronauta americano Alan Shep da Freedom 7, a primeira missão da Nasa ao espaço, bem como a cápsula Mercury, que foi ao espaço e voltou à Terra. Segundo os especialistas, mesmo depois de 60 anos da viagem, ambas estão em boas condições.

A missão Freedom 7 foi lançada em 5 de maio de 1961, subindo a 185 quilômetros em um voo de aproximadamente 15 minutos. Na época, a viagem teve um enorme significado tecnológico e político já que os EUA estavam em plena Guerra Fria, atrasados em relação à antiga União Soviética, que havia lançado o major Yuri Gagarin ao espaço em abril do mesmo ano.

Leia também

Imagem mostra uma restauradora do Museu Smithsonian, incumbida de restaurar a primeira roupa do astronauta Alan Shepard, bem como a cápsula onde ele comandou a primeira viagem dos EUA ao espaço
A cápsula Mercury, a primeira que os EUA enviaram ao espaço, é parte de uma exposição promovida pelo Museu Smithsonian. Imagem: Smithsonian/Divulgação

“Essa foi a nossa primeira viagem espacial na América, e foi um momento crucial em nossa história”, disse Raina Chao, restauradora a serviço do Museu Nacional Aéreo e Espacial. “Nós tivemos vários momentos cruciais na aeronáutica, e este foi o primeiro no espaço”.

O Smithsonian, desde então, tem guardado a primeira roupa do astronauta e a cápsula para exibições diversas pelo mundo.

Segundo registros históricos, ao contrário do Major Gagarin, Shepard tinha algum grau de controle sobre a sua nave, a qual apenas parte dos sistemas eram remotos ou automatizados. Segundo Gene Krantz, autor do livro “Failure is not an Option”, sobre a missão, Shepard, quando questionado pelos repórteres sobre o que sentia momentos antes do lançamento, teria respondido, brincando,“Pensei no fato de que cada componente dessa nave foi feito por quem ofereceu o menor preço”.

No dia 5 de maio deste ano, aniversário de 60 anos da missão, os artefatos foram exibidos no Centro Steven F. Udvar-Hazy Center, mantido pelo Smithsonian na Virginia. Agora, a primeira roupa do astronauta e a cápsula Mercury voltaram para a ala de conservação, pois serão remanejadas permanentemente para a exposição “Destination Moon” do museu – que tem Jeff Bezos e sua ex-esposa Mackenzie como principais patrocinadores.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos