Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,69
    -0,09 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.820,80
    +3,30 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    20.002,97
    -332,34 (-1,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    428,69
    -10,97 (-2,50%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.312,32
    -11,09 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    21.917,45
    -79,44 (-0,36%)
     
  • NIKKEI

    26.567,81
    -236,79 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    11.641,50
    -49,50 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4302
    +0,0196 (+0,36%)
     

Smartphones vão 'acabar' com câmeras profissionais até 2024, diz Sony

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Sony é uma das principais fornecedoras de sensores para smartphones. Foto: Getty Images.
Sony é uma das principais fornecedoras de sensores para smartphones. Foto: Getty Images.
  • Segundo o presidente e CEO da Sony Semiconductor Solutions (SSS), smartphones acabarão com as máquinas com lentes intercambiáveis;

  • Previsão da Sony é de que os registros fotográficos dos celulares sejam iguais aos de câmeras com lentes intercambiáveis em até dois anos;

  • Companhia é uma das principais fornecedoras de sensores para smartphones.

As câmeras dos smartphones top de linha já permitem a criação de fotos com qualidade similar às de máquinas profissionais. Com esse cenário em mente, o presidente e diretor executivo da Sony Semiconductor Solutions (SSS), Terushi Shimizu, estipula que até 2024 os celulares acabarão com a existência de máquinas com lentes intercambiáveis, incluindo os modelos mirroless e as versões anteriores.

Leia também:

"Esperamos que as imagens [de smartphones] excedam a qualidade da imagem de câmeras single-lens reflex nos próximos anos", teria dito o CEO em um briefing de negócios, segundo o jornal japonês The Nikkei.

A previsão da Sony é que os registros fotográficos dos celulares serão iguais aos das câmeras profissionais em até dois anos.

Atualmente, máquinas DSLR da Sony são referências no mercado fotográfico profissional. Ao mesmo tempo, a companhia é uma das principais fornecedoras de sensores para celulares, estando presente em aparelhos da Samsung, Xiaomi, Asus e Realme.

Alguns dos fatores que possibilitariam o novo cenário estipulado por Shimizu são a chamada ‘saturação quântica’ e os avanços no ‘processamento de inteligência artificial’.

Outro aspecto que possivelmente permitiria um cenário sem DSLRs é o tamanho do sensor em smartphones top de linha, que até 2024 deve dobrar de tamanho.

*Com informações do Tech Radar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos