Mercado abrirá em 4 h 29 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,58
    +0,67 (+0,94%)
     
  • OURO

    1.858,90
    -20,70 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    39.535,20
    +4.196,60 (+11,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    984,99
    +43,18 (+4,58%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.156,51
    +22,45 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.016,00
    +21,75 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Smartfit venderá ações para financiar crescimento orgânico e aquisições

·1 minuto de leitura
.

(Reuters) - A rede de academias de ginástica Smartfit pediu nesta quarta-feira o registro para uma oferta de ações, operação com a qual buscará recursos para financiar seu crescimento orgânico e comprar rivais.

Com a operação, sob coordenação de Itaú BBA, Morgan Stanley e Santander, a companhia tenta novamente vender ações a investidores no mercado, após uma tentativa anterior, no fim de 2018, suspensa devido às condições adversas do mercado.

A companhia se apresenta como a maior do setor na América Latina e uma das maiores do mundo, com 928 unidades no fim de março, distribuídas entre Brasil, México, Colômbia, Chile, Peru, Argentina e outros países da América Latina.

A Smartfit foi fortemente atingida pelas medidas de isolamento social para conter a pandemia da Covid-19 e teve fechadas várias de suas unidades por vários meses. Com isso, sua receita líquida em 2020 caiu 37% em relação ao ano anterior, a 1,26 bilhão de reais.

(Reportagem de Aluísio Alves)