Mercado abrirá em 36 mins
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,61
    +0,79 (+1,24%)
     
  • OURO

    1.837,70
    +13,70 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    50.345,20
    +71,66 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,71
    +10,81 (+0,78%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.013,04
    +49,71 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.233,25
    +133,00 (+1,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3923
    -0,0202 (-0,32%)
     

Smart Fit perde 191 mil clientes em 3 meses de pandemia

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Smart Fit perdeu 191 mil clientes nos últimos 3 meses. (Foto: Divulgação)
Smart Fit perdeu 191 mil clientes nos últimos 3 meses. (Foto: Divulgação)

Os resultados mais recentes da rede de academias Smart Fit, posteriores aos meses de fechamento e ajustes de estratégia frente à pandemia do novo coronavírus, dão uma ideia de como essa crise afetou um dos negócios mais prósperos de fitness do Brasil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Segundo documento enviado aos acionistas da empresa no dia 7 de outubro e obtido pela revista Exame, a rede perdeu 191 mil alunos desde o dia 7 de julho.

Leia também

O valor total passou de 2.637.000 em julho para 2.446.000 em outubro.

Apesar disso, nenhuma unidade no Brasil foi fechada, e segundo os executivos da empresa, o ritmo de frequência está sendo retomado, ainda que essa porcentagem não seja revelada no documento.

Atualmente, a Smart Fit possui 830 unidades, 332 no Brasil, que concentra a maior parte delas, seguido pelo México, que possui outras 166.

Ainda de acordo com o documento, a empresa apostará num modelo mais híbrido, com suporte a clientes que queiram complementar sua jornada de exercícios em casa, mas tendo as academias como “centro” de suas atividades.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube