Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.015,83
    +114,89 (+0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Skillshare chega ao Brasil com assinatura única que dá acesso a 40 mil aulas

A Skillshare, plataforma de cursos online voltados para criatividade, chegou ao Brasil nesta terça-feira (21) com o objetivo de ampliar e democratizar o ensino à distância no Brasil. Segundo a empresa, serão mais de 40 mil classes disponíveis sobre temas voltados para a criação, como fotografia, ilustração e design gráfico.

O serviço contará com aulas para atender ao público com diferentes níveis, desde os mais iniciantes até os avançados que pretendem se especializar. Um dos diferenciais é a possibilidade de colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos para descobrir se o aprendizado foi efetivo.

O modelo usado pela plataforma é o de assinatura anual. Assim, a pessoa paga uma quantia única e pode ter acesso a qualquer curso disponível por lá, sem cobrança de taxas extras, durante 365 dias. O valor de lançamento é de R$ 204 por ano, uma quantia bem menor do que a mensalidade paga nos EUA, que daria cerca de R$ 835 por ano em conversão direta.

Os treinamentos são voltados tanto para quem já está no mercado e pretende focar em alguma especialização quanto para estudantes que ainda desejam conquistar seu espaço no mundo profissional. Assim sendo, há praticamente todo tipo de conteúdo, inclusive para quem está atrás apenas de um hobby culinário ou quer criar um site para seu negócio, por exemplo.

Brasil é um mercado promissor

Confira alguns dados curiosos sobre a Skillshare:

  • Mais de 14 mil professores

  • 830 mil assinantes ativos

  • Mais de 150 países ativos

  • São adicionados cerca de 800 conteúdos inéditos todo mês

  • Professores da Skillshare têm uma remuneração de US$ 3 mil por ano, mas esse valor por chegar até a US$ 100 mil, dependendo da popularidade do conteúdo.

Só na América Latina, a empresa já tem 500 professores cadastrados e apresentou um crescimento de 72% na base de assinantes. Embora o foco seja a produção de conteúdos localizados, os assinantes podem desfrutar de materiais em inglês ou espanhol.

Esses são alguns exemplos de cursos disponíveis na Skillshare (Imagem: Reprodução/Skillshare)
Esses são alguns exemplos de cursos disponíveis na Skillshare (Imagem: Reprodução/Skillshare)

“Nossa intenção é ajudar a disseminar o conhecimento e inspirar criatividade. Pessoas criativas terão acesso a milhares de aulas, não importa onde estejam no mundo, com um novo formato de aprendizado. Com a Skillshare, as pessoas aprendem enquanto produzem algo e podem fazê-lo em seu próprio tempo, mesmo que seja apenas por 15 minutos”, explica o vice-presidente e Head da Internacional Skillshare, braço responsável pela expansão da plataforma de educação criativa fora dos Estados Unidos, Nicolas Scafuro.

O executivo aposta no grande potencial do país no segmento criativo. Scafuro diz que foi feito um estudo para mapear quais países buscam conteúdos similares ao já oferecidos pela companhia e o Brasil foi o terceiro colocado, atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia.

“O Brasil é um dos nossos mercados de crescimento mais rápido e, com a Skillshare agora disponível em português, as possibilidades são infinitas para a região. Estamos empolgados em aumentar nossos investimentos no Brasil e nos engajar com a comunidade local de criativos”, comentou o CEO da Skillshare, Matt Cooper.

Os interessados podem acessar o serviço pelo aplicativo para iOS, Android ou pelo navegador. Há também soluções compatíveis com a Apple TV e com o Chromecast. Isso significa ser possível ligar a Skillshare na TV da sua sala para estudar sentado à mesa ou compartilhar o conteúdo com a família.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos