Mercado fechará em 2 h 20 min

Sity | “Uber brasileiro” expande serviço em mais 10 cidades; veja quais

Claudio Yuge

Mesmo com a redução de uso em plataformas de transporte como Uber, 99 e Cabify, devido às medidas de isolamento social causadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a empresa Sify, conhecida como “Uber brasileiro”, vem prosperando em tempos de crise. A companhia paulista, que nasceu em 2017, vem ampliando sua cobertura para 10 novas cidades no território nacional. Antes, ela só atuava nas capitais paulista e carioca.

O Sity agora está disponível em Porto Alegre (RS), Caxias do Sul (RS), Florianópolis (SC), Cascavel (PR), Curitiba (PR), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Goiânia (GO) e Brasília (DF). A meta da companhia é aumentar o atendimento de 12 para 29 cidades brasileiras até o final do ano. Para isso, a startup aposta em propostas diferenciadas para os motoristas.

Sity aposta no aumento da lista de condutores e cobra taxa mais barata sobre as corridas (Divulgação/Sity)

A startup entende que uma maior frota de condutores diminui o tempo de espera e para aumentar a lista de profissionais ela vem investindo em uma maneira fácil de cadastrar profissionais e na seleção aprimorada das vagas. Além disso, a taxa cobrada de 10% sobre o valor da corrida é bem inferior às da concorrência, que podem superar dos 20% ou 30%. E companhia ainda oferece R$ 100 de bônus para os motoristas que indicarem colegas.

Neste ano, o Sity já contabiliza 100 mil passageiros ativos e mais de 20 mil motoristas em São Paulo, seu maior mercado. A expectativa é chegar ao fim do ano com 80 mil condutores e mais de 2 milhões de usuários.

Empresa Sify, conhecida como “Uber brasileiro”, vem prosperando em tempos de crise. A companhia paulista, que nasceu em 2017, vem ampliando sua cobertura para 10 novas cidades no território nacional. Antes, ela só atuava nas capitais paulista e carioca.

Fonte: Canaltech