Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,09
    -0,11 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.825,20
    +11,20 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    30.135,08
    -934,11 (-3,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,80
    +432,12 (+178,06%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.542,76
    -4,29 (-0,02%)
     
  • NASDAQ

    12.291,50
    +46,75 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2687
    -0,0118 (-0,22%)
     

Site mostra como calcular consumo de energia elétrica; confira o passo a passo

·2 min de leitura
Comparativo da calculadora mostra consumo diário de família de 3 pessoas. Foto: Getty Images.
Comparativo da calculadora mostra consumo diário de família de 3 pessoas. Foto: Getty Images.
  • Para auxiliar na hora de organizar as contas básicas, uma solução é estudar o consumo de energia da casa;

  • A Enel, concessionária de energia de alguns estados do Brasil, disponibilizou uma ferramenta gratuita para simular o cálculo de gastos;

  • Comparativo da calculadora mostra consumo diário de família de 3 pessoas.

Com os recentes anúncios de reajuste da conta de luz anunciados pelas distribuidoras de energia elétrica, os consumidores se veem cada vez mais precisando apertar o orçamento. Para auxiliar na hora de organizar as contas básicas, uma solução é estudar o consumo de energia da casa. A Enel, concessionária de energia de alguns estados do Brasil, disponibilizou uma ferramenta gratuita para simular o cálculo de gastos, considerando o tempo de uso de cada aparelho doméstico e a potência deste.

A calculadora também realiza um comparativo do consumo pessoal com a estimativa de gastos, considerando uma família de três pessoas. Para isso, o site leva em consideração o valor médio padrão da energia, além de variáveis como valores de encargos e taxas de impostos.

  • Acesse o site enel-rj.simuladordeconsumo.com.br e clique em “Iniciar”;

  • Ao acessar a sala, que é o cômodo padrão exibido na ferramenta, clique nas ilustrações dos aparelhos para calcular os gastos;

  • Em seguida, é preciso informar a quantidade de aparelhos daquele tipo existentes no cômodo, o tempo de uso e a potência, e assim, clicar em Adicionar (caso queira adicionar um dispositivo que não está na lista, clique no botão “Adicionar aparelho inexistente");

  • A calculadora vai disponibilizar uma tabela com o custo estimado daquele cômodo no mês;

  • Clique nas três listras horizontais do canto superior direito da tela para mudar o cômodo da casa e repita o procedimento de escolha dos aparelhos;

  • Após a escolha de todos os cômodos, clique no botão “Resultado Geral”;

  • Para finalizar, clique no botão “Analisar meu consumo”.

Veja quanto o consumidor vai pagar com a bandeira tarifária verde

O governo federal anunciou no início deste mês a redução da bandeira tarifária para a cor verde a partir do dia 16, que indica que não haverá nenhum acréscimo de tarifa. De acordo com Anton Schwyter, coordenador do Programa de Energia e Sustentabilidade do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), a média de consumo dos brasileiros é de 220Kwh/mês. Conforme exemplificou, a tarifa média é de R$ 0,60 por kwh; portanto, cada residência deve pagar cerca de R$ 120 na conta de luz, considerando o consumo médio, R$ 28 a menos do que o valor pago com a bandeira vermelha 2 cada 100 kwh/mês.

Projeções da TR Soluções, empresa de tecnologia especializada em tarifas de energia, indicam que, desconsiderando as bandeiras tarifárias, as tarifas de energia residenciais teriam uma alta média de 11,20% em 2022 em relação aos valores cobrados no ano passado. Mas, com o fim da bandeira da escassez hídrica, o efeito médio percebido pelo consumidor passa a ser de aumento de 6,09% no ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos