Mercado fechará em 4 h 54 min
  • BOVESPA

    129.616,09
    +848,64 (+0,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.166,00
    +36,12 (+0,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,68
    +0,83 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.790,50
    +13,10 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    34.211,52
    +4.709,09 (+15,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    826,85
    +16,66 (+2,06%)
     
  • S&P500

    4.246,33
    -0,11 (-0,00%)
     
  • DOW JONES

    33.921,04
    -24,54 (-0,07%)
     
  • FTSE

    7.101,80
    +11,79 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.271,75
    +13,50 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9331
    +0,0133 (+0,22%)
     

Sistema de rastreamento da Covid da Apple e Google salvou milhares de vidas, aponta pesquisa

·2 minuto de leitura
Sistema de rastreamento da Covid da Apple e Google salvou milhares de vidas, aponta pesquisa
Sistema de rastreamento da Covid da Apple e Google salvou milhares de vidas, aponta pesquisa

Segundo um estudo publicado recentemente na Nature, o sistema de rastreamento da Covid criado em uma colaboração entre Apple e Google ajudou a salvar milhares de vidas no Reino Unido. O app NHS Covid-19 usa a API criada pelas companhias para fazer rastreamento de contato dos usuários, enviar alertas locais e fazer check-in de pontos visitados.

O app NHS Covid-19 é usado por 16,5 milhões de pessoas (28% da população total) no Reino Unido, e notifica contatos recentes de um usuário que testou positivo para coronavírus. Entre 24 de setembro até dezembro de 2020, o app enviou 1,7 milhão de notificações de exposição. O estudo descobriu que o sistema de rastreamento de Covid da Apple e Google preveniu entre 4.200 a 8.700 mortes na Inglaterra e País de Gales.

Estudo usou dados da Apple e Google e do sistema de saúde inglês

O estudo sobre o impacto epidemiológico do app NHS usou duas abordagens complementares para calcular o número de infecções de Covid evitadas: um “modelo” baseado no número de notificações e taxa de ataque secundário (SAR em inglês), e dados vindos das autoridades de saúde locais.

Pela abordagem de “modelo”, o estudo descobriu que 284 mil casos de infecção foram evitados, enquanto a abordagem “estatística”, com dados do governo, coloca o número de casos evitados em 594 mil. Com base nesses números, pesquisadores sugerem que o app NHS Covid-19 evitou de 4.200 a 8.700 mortes no país.

O estudo também diz que a abordagem estatística está mais perto da realidade, já que o app ajuda os usuários a “manter uma distância maior uns dos outros do que normalmente fariam, já que eles estão cientes que o app monitora distância, e depois pode aconselhar a fazer quarentena”. Os pesquisadores afirmam que o app NHS é mais eficiente que outros aplicativos do tipo, já que o sistema de rastreamento de Covid da Apple e Google é totalmente integrado com os registros de resultados de testes da doença do sistema público de saúde do Reino Unido.

Enquanto isso, no Brasil, o app de rastreamento de contato Coronavírus-SUS, que também usa o sistema da Apple e Google, fracassou por falta de divulgação, com apenas 5% da população baixando o aplicativo.

Via Android Central

Imagem: ViewApart/iStock

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos