Mercado fechará em 48 mins
  • BOVESPA

    112.295,94
    -20,22 (-0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.520,03
    -254,88 (-0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,48
    -1,20 (-1,51%)
     
  • OURO

    1.923,10
    -6,30 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    23.112,96
    -460,25 (-1,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,03
    -14,84 (-2,76%)
     
  • S&P500

    4.034,72
    -35,84 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    33.868,50
    -109,58 (-0,32%)
     
  • FTSE

    7.784,87
    +19,72 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    22.069,73
    -619,17 (-2,73%)
     
  • NIKKEI

    27.433,40
    +50,84 (+0,19%)
     
  • NASDAQ

    12.008,50
    -213,75 (-1,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5636
    +0,0174 (+0,31%)
     

Sistema operacional: o que é, para que serve e exemplos

Sistema operacional: o que é, para que serve e exemplos
Sistema operacional: o que é, para que serve e exemplos

Seja você um usuário de celular ou computador, certamente já usou um sistema operacional. Trata-se de um softwate, ou um conjunto de softwares, que é fundamental para a utilização de um dispositivo, como PCs ou smartphones. Sistemas operacionais têm como principal função administrar os recursos e funcionalidades presentes em um sistema, desde arquivos armazenados, aplicações instaladas, e até o hardware disponível para a máquina.

Um sistema operacional, em resumo, é a interface entre usuário e máquina. É o Windows, nos computadores, ou o Android, nos celulares. Confira abaixo, no artigo especial produzido pelo Olhar Digital, as principais informações que você precisa saber sobre os sistemas operacionais, além de alguns exemplos dos SOs mais conhecidos do mundo.

O que é e para que serve um sistema operacional

Sistema operacional é, de certa forma, a “alma” de um computador ou celular. É a partir dele que usuários conseguem instalar e abrir programas, conferir arquivos armazenados, gerenciar componentes de hardware e muito mais.

O sistema operacional é a interface entre usuário e máquina. É ele quem confere se todos os componentes de hardware estão funcionando, se o software está devidamente instalado e pronto para funcionar, e muito mais. Ele transforma os comandos feitos no mouse ou teclado em ações a serem desempenhadas pelos programas instalados, assim como gerencia os recursos (como memória RAM) necessários para o funcionamento de aplicativos.

Linux
Linux é um dos sistemas operacionais disponíveis para PCs. Reprodução: Zhanna Hapanovich/shutterstock

Apesar de serem mais conhecidos em celulares e computadores, sistemas operacionais estão espalhados por todo tipo de dispositivo existente: um console de videogame conta com um sistema próprio, assim como smart TVs e até alguns modelos de TV Box.

No passado, esses sistemas operacionais eram baseados em texto, como no caso do antigo MS-DOS, que exigia do usuário o conhecimento de linhas de comando para sua utilização. Com o tempo, eles foram ganhando elementos gráficos (GUI, interface gráfica de usuário), que facilitaram a utilização e foram fundamentais na revolução da computação pessoal entre as décadas de 1970 e 1980.

Tipos de sistema operacional

Os sistemas operacionais mais conhecidos são os presentes nos dispositivos mais comuns: celulares e computadores. No caso de computadores e notebooks, os mais conhecidos são Linux, macOS, Windows e Chrome OS. Todos eles, mesmo que diferentes entre si, contam com interface gráfica para facilitar o uso, e fazem todo o gerenciamento de recursos necessários para o funcionamento de um aplicativo, por exemplo.

No caso de celulares, existem dois grandes SOs disponíveis atualmente no mercado: o Android, desenvolvido pelo Google e encontrado na maioria dos celulares brasileiros; e o iOS, da Apple, disponível nos iPhones. Esses sistemas também têm adaptações para funcionamento em tablets.

Ainda existem sistemas operacionais para consoles: os atuais Xbox Series S e X usam uma versão modificada do sistema operacional do Xbox One. Já o PlayStation 5 usa um sistema bastante diferente do PS4 e que foi desenvolvido internamente pela Sony. O Nintendo Switch também tem seu sistema próprio, embora com limitações e voltado quase que exclusivamente para jogos.

Android 13
Android 13, sistema operacional do Google para celulares. Imagem: Daniel Constante/ Shutterstock

Ainda existem sistemas voltados para outros tipos de dispositivos. O Google tem a Google TV, para smart TVs e alguns aparelhos como o Chromecast. Ainda no mundo das TVs inteligentes, os modelos da LG contam com um sistema chamado webOS, desenvolvido inicialmente para celulares mas que foi adaptado para TVs.

Exemplos de sistema operacional

Windows

O sistema mais usado em computadores pelo mundo, o Windows foi lançado originalmente na década de 1980 como uma evolução do antigo MS-DOS. A versão mais recente, chamada Windows 11, está sendo constantemente atualizada pela Microsoft.

Android

Lançado em 2008, o Android é um sistema operacional para celulares e tablets desenvolvido pelo Google. Por ser uma plataforma de código aberto, ele pode ser modificado por fabricantes que desejam inclui-lo em dispositivos – é o que muitas empresas, incluindo Samsung e Xiaomi, fazem ao lançar um Android próprio para seus smartphones

Linux

Outro sistema de código aberto é o Linux, que é bastante conhecido por ser altamente personalizado pelos usuários, que assim conseguem adaptá-lo para o uso desejado. Até por isso, existem diversas distribuições diferentes do Linux, sendo o Ubuntu um dos mais populares. Por outro lado, o Linux acaba exigindo mais conhecimento técnico por parte do usuário do que outros SOs – quem é fã diz que vale a pena aprender, só para não precisar ficar preso às ofertas de Microsoft, Google e Apple.

Imagem de destaque: rawf8/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!