Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    22.935,54
    -517,19 (-2,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,36 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5362
    +0,0465 (+0,85%)
     

Sistema de autenticação sem senha promete deixar metaverso "mais seguro"

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia Vellore (VIT-AP), na Índia, desenvolveram um novo sistema de autenticação sem senha, que promete tornar as interações dentro de ambientes virtuais como o metaverso muito mais seguras e menos propensas a adulterações.

Segundo os cientistas envolvidos no projeto, esses módulos combinam três diferentes técnicas de autenticação: verificação atestada de dispositivos, reconhecimento facial responsivo e chaves físicas de segurança que funcionam individualmente em tempo real.

“O conceito de metaverso promove o crescimento sustentável das civilizações humanas, melhorando a comunicação em uma plataforma virtual. Neste cenário, a segurança da identidade digital de uma pessoa é nossa preocupação principal”, explica o professor Sibi Chakkaravarthy, coautor do estudo.

MetaSecure

O novo sistema de autenticação, batizado de MetaSecure, foi projetado para aumentar significativamente a segurança de quem se aventura pelo metaverso, protegendo esses usuários enquanto eles se envolvem em diversas atividades virtuais diferentes.

Esquema de funcionamento do MetaSecure (Imagem: Reprodução/arXiv)
Esquema de funcionamento do MetaSecure (Imagem: Reprodução/arXiv)

Segundo os pesquisadores, esses dispositivos de validação conseguem proteger uma ampla variedade de dados sensíveis, incluindo ativos digitais, identidades online, avatares personalizados, NFTs ou qualquer tipo de informação financeira presente em uma carteira virtual.

“O usuário cadastra seu dispositivo e a chave de segurança física. Para fazer o login, ele precisa passar pelas três verificações de segurança. A singularidade do MetaSecure reside no uso de padrões que garantem que todos no metaverso sejam genuínos, um fator fundamental para controlar o número de usuários falsos nas plataformas de realidade virtual”, acrescenta o cientista Aditya Mitra, coautor do estudo.

Autenticador sem senha

Uma das vantagens do MetaSecure sobre outros sistemas de autenticação sem senha já existentes, é a implementação de três camadas diferentes de validação — incluindo a verificação de dispositivo — uma técnica conhecida por ser muito difícil de contornar.

Sistema de validação não usa senhas para verificar informações sensíveis (Imagem: Reprodução/arXiv)
Sistema de validação não usa senhas para verificar informações sensíveis (Imagem: Reprodução/arXiv)

Além disso, esse novo sistema de autenticação em três etapas possui um kit de desenvolvimento de software simples e fácil de usar, que pode ser implementado em praticamente qualquer dispositivo eletrônico, incluindo equipamentos de realidade virtual ou aumentada.

“No futuro, sistemas de autenticação como o MetaSecure podem ajudar a proteger o metaverso, evitando uma variedade de incidentes e violações de dados, como roubo de avatares e muitos outros crimes cibernéticos que podem ocorrer em plataformas virtuais”, encerra Chakkaravarthy.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: