Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.940,14
    +179,04 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Sinqia compra plataforma de recuperação de crédito QuiteJá

·2 min de leitura

A Sinqia, provedora de tecnologia para o sistema financeiro, quer adquirir 51% do capital social da QuiteJá, especialista em recuperação de crédito de terceiros da Rosk Software S.A. A transação permite que a Sinqia a entre em um novo mercado — que movimenta bilhões de reais por ano. A operação foi autorizada pelo Conselho de Administração da companhia.

A QuiteJá, que recuperou mais de R$ 222 milhões de créditos em 12 meses até junho de 2021, vai reforçar o portfólio de produtos da Sinqia Digital. A companhia informou receita líquida de R$ 20,3 milhões e lucro de R$ 5,4 milhões nos 12 meses encerrados em 30 de junho de 2021 (antes de juros, impostos, depreciações e amortizações).

Imagem: Reprodução/Envato/leungchopan
Imagem: Reprodução/Envato/leungchopan

Segundo a Sinqia, a plataforma da QuiteJá é utilizada por alguns dos principais credores do Brasil. “E agora estará à disposição dos mais de 500 clientes da Sinqia, principalmente bancos, financeiras, fintechs, FIDCs e administradoras de consórcio, entre outros”, destaca.

Para concluir o negócio, a Sinqia vai pagar R$ 19,125 milhões em dinheiro e R$ 19,125 milhões em ações (serão 1.016.638 ações de sua própria emissão adquiridas no âmbito do sexto programa de recompra). Além disso, a companhia pode adquirir os 49% restantes do capital social mediante exercício de opções de compra em 2024 e 2025.

Avaliação do mercado

A QuiteJá é a 21ª companhia adquirida pela Sinqia. Em setembro, a empresa levantou R$ 400 milhões com uma oferta subsequente de ações para seguir sua estratégia de crescimento. “Esse processo foi fundamental para essa transação, que reafirma nosso propósito de crescimento e inovação contínua”, explica Bernardo Gomes, CEO e fundador da Sinqia.

O Itaú BBA destaca a notícia como positiva já que a compra está em linha com o projeto de expansão vertical da Sinqia Digital e deve permitir que a empresa entre em um segmento inexplorado. O banco estima que a compra deve adicionar 2,5 pontos percentuais para a participação de receita da Sinqia Digital (de 15% em 2021).

Isso deve levar à manutenção da expansão da margem e aumentar a perspectiva de valorização e, potencialmente, reavaliação da Sinqia. Para 2022, o Itaú reafirma a previsão positiva para a Sinqia, com avaliação preço-alvo de R$ 34 comparação com a cotação de R$ 16,35 registrada na sexta-feira (22).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos