Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.883,59
    -683,04 (-1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Singapura retoma trabalho remoto por aumento de casos de Covid

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Singapura voltou a recomendar o trabalho remoto e apertou as regras ao permitir o encontro de no máximo duas pessoas em restaurantes ou outros ambientes. O governo tenta frear os casos de Covid-19, a maioria sem gravidade, que poderiam quadruplicar em duas semanas e sobrecarregar hospitais.

Most Read from Bloomberg

Alunos do ensino primário terão que retornar às classes online. Singapura também decidiu oferecer doses de reforço a um grupo mais jovem além dos idosos, segundo anúncio na sexta-feira. As medidas, que entram em vigor a partir de 27 de setembro por cerca de um mês, parecem adiar a transição declarada do país para conviver com o coronavírus.

Autoridades de saúde esperam que os casos diários subam de 1.500 atualmente para cerca de 6.000, e o governo quer frear esse aumento e evitar medidas mais rígidas. Essa resolução pode ser testada em breve, embora quatro em cada cinco pessoas já tenham sido vacinadas em Singapura.

“Foi uma decisão muito difícil, pois sabemos que isso afetaria muitas empresas e pessoas”, disse o Ministro do Comércio, Gan Kim Yong, um dos copresidentes da força-tarefa para a Covid. “Embora isso talvez não reduza o número de novos casos diários imediatamente, nos permitirá diminuir a velocidade do aumento e evitar sobrecarregar nossos profissionais de saúde.”

Singapura até agora permitia que até cinco pessoas com imunização completa comessem juntas em restaurantes e até dois indivíduos em centros de alimentação e cafeterias, independentemente do status de vacinação. Restrições nos locais de trabalho começavam a ser afrouxadas, e até metade dos funcionários de uma empresa tinha autorização para retornar aos escritórios.

O número de pacientes em terapia intensiva permanece baixo, somando 23 no total, mas a alta de casos leves começa a causar ansiedade em Singapura. Residentes se queixam de não poder entrar em contato com o Ministério da Saúde rapidamente sobre dúvidas e estão preocupados com o longo intervalo entre o teste positivo para Covid e o envio para uma unidade de recuperação.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos