Mercado fechado

Singapura registra pior contração econômica da história

·1 minuto de leitura
Singapura sofreu queda de 5,8% do PIB em 2020

A economia de Singapura sofreu em 2020 a pior contração anual da história, afetada pela pandemia do novo coronavírus, em particular em setores essenciais da cidade-Estado como o comércio e o turismo, de acordo com dados oficiais divulgados nesta segunda-feira.

A queda 5,8% do Produto Interno Bruto (PIB), no entanto, foi menor que a esperada - as previsões oficiais indicavam baixa de 6,5% -, já que a atividade econômica iniciou uma recuperação com o recuo da pandemia.

O centro financeiro asiático registrou sua primeira recessão desde a crise financeira mundial de 2008 no segundo trimestre, quando o governo decretou o fechamento dos locais de trabalho como parte das medidas drásticas para frear os contágios.

Singapura, uma das economias mais abertas do planeta, é considerado um termômetro do comércio internacional e seus números provocam alertas.

A pandemia recuou no segundo semestre e setores essenciais da economia, como a indústria, iniciaram uma recuperação.

A cidade-Estado manteve a pandemia sob controle em primeiro momento, mas posteriormente foram registrados focos que afetaram sobretudo imigrantes de baixa renda que moram em dormitórios.

Mas o surto diminuiu nas últimas semanas e apenas alguns casos foram registrados diariamente.

Na semana passada, as autoridades iniciaram a campanha de vacinação.

mba/sr/axn/af/gma/fp