Sindicatos convocam marcha de trabalhadores a Brasília para março

São Paulo, 23 jan (EFE).- Seis centrais sindicais pretendem levar cerca de 40 mil trabalhadores a Brasília no dia 6 de março e fazer uma grande manifestação em frente ao Palácio do Planalto.

O protesto foi convocado em São Paulo pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Força Sindical, a Nova Central, a Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e a União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Os sindicatos levarão à capital federal seis reivindicações: o fim do fator previdenciário, a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) à saúde, a destinação de 10% do PIB à educação, o destravamento do processo de reforma agrária e uma política de valorização dos salários dos aposentados.

Todos os sindicatos concordam que a presidente Dilma Rousseff não está cumprindo "diversas" promessas que fez aos trabalhadores durante a campanha eleitoral que a levou ao poder nas eleições de outubro de 2010, segundo um comunicado de Força Sindical. EFE

Carregando...