Mercado fechado

Sinais de melhora são bem-vindos, mas ainda há longo caminho até uma recuperação, diz Powell

WASHINGTON (Reuters) - Uma recuperação econômica total dos Estados Unidos não ocorrerá até que a população norte-americana tenha certeza de que a epidemia de coronavírus foi controlada, disse o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, nesta terça-feira, no primeiro de dois dias de audiências perante parlamentares dos EUA.

Embora os recentes sinais de melhoras -- incluindo um ganho surpresa no emprego e um aumento recorde nas vendas no varejo no mês passado -- sejam encorajadores, os danos causados por paralisações forçadas na atividade para conter a propagação do vírus a partir de março deixaram um buraco muito profundo a ser preenchido, especialmente no emprego, disse Powell.

"Algo como cerca de 25 milhões de pessoas foram deslocadas na força de trabalho, seja de forma parcial ou pelo desemprego, e por isso temos um longo caminho pela frente para levar essas pessoas de volta ao trabalho", disse Powell em resposta a uma pergunta de um membro da Comitê Bancário do Senado norte-americano.

As observações preparadas de Powell ao Comitê ecoaram em grande parte o tom de advertência que ele adotou na semana passada na conclusão da última reunião de política monetária do Fed, mapeando como os Estados Unidos estão enfrentando uma recuperação econômica incerta, desigual e prolongada em relação à crise de coronavírus.