Mercado abrirá em 9 h 30 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,04
    +0,59 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.752,20
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    42.534,62
    -1.558,41 (-3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.053,52
    -48,00 (-4,36%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.623,16
    +414,38 (+1,71%)
     
  • NIKKEI

    30.139,65
    -100,41 (-0,33%)
     
  • NASDAQ

    15.186,50
    -8,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2928
    -0,0140 (-0,22%)
     

Siderúrgica dos EUA eleva bônus de acordo com taxa de vacinação

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A segunda maior siderúrgica dos Estados Unidos tenta atingir uma taxa de vacinação da força de trabalho que resultaria em um possível bônus de US$ 3 mil para cada funcionário.

A Cleveland-Cliffs prometeu um bônus de US$ 1,5 mil a todos os 25 mil funcionários que forem vacinados, sendo que o incentivo em dinheiro pode chegar a US$ 3 mil se o local de trabalho de um indivíduo atingir uma taxa de imunização de 75%, segundo a porta-voz da empresa, Patricia Persico. O programa tem como base taxas de vacinação por local, com “mais de” 20 das 46 unidades acima da taxa de 75%. A taxa geral da siderúrgica é de cerca de 60%.

A empresa com sede em Cleveland, Ohio, não está muito atrasada em sua campanha para incentivar a vacinação, que termina em 21 de agosto, e espera que o ritmo nesta semana seja ainda melhor, disse Persico na segunda-feira por e-mail. O presidente da United Steelworkers, Tom Conway, disse que a empresa tem enfrentado desafios para vacinar trabalhadores sindicalizados.

“Talvez uma usina possa conseguir”, disse Conway na sexta-feira em entrevista por telefone, acrescentando que dificilmente a taxa será atingida em toda a empresa.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, também incentivou a vacinação de mais americanos, ordenando que funcionários federais sejam imunizados e oferecendo US$ 100 para qualquer americano ainda hesitante que decida se vacinar. O número de empresas que exigem vacinação para o retorno ao trabalho tem aumentado, entre elas, Facebook e Google.

A U.S. Steel, que também emprega trabalhadores sindicalizados, disse por e-mail que não está oferecendo bônus ou benefício no momento a funcionários vacinados.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos