Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.960,18
    +7,00 (+0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Setor imobiliário impulsionam índice europeu STOXX 600 para novo pico em 3 meses

Salão da Bolsa de Valores de Frankfurt

Por Sruthi Shankar e Devik Jain

(Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em nova máxima de três meses nesta quinta-feira, liderado por ganhos nas ações imobiliárias depois que a ata da reunião de novembro do Federal Reserve sinalizou uma desaceleração no ritmo de elevações da taxa de juros.

O STOXX 600 fechou em alta de 0,46%, a 440,84 pontos, no seu nível mais forte desde 18 de agosto, embora os volumes de negociação tenham sido baixos devido ao feriado do Dia de Ação de Graças dos Estados Unidos .

"(A ata) estava em linha com as expectativas de sinalizar aumentos menores nos juros, no entanto, também ressaltou que a taxa terminal será mais alta", disse Karim Chedid, chefe de estratégia de investimento da iShares EMEA na BlackRock.

Já a ata da reunião de outubro do BCE mostrou que os formuladores de política monetária temiam que a inflação pudesse estar se consolidando, o que justificava mais incrementos de juros, mas quanto e por quanto tempo permanece um debate.

"Atualmente, esperamos que o BCE suba as taxas de juros em 0,50 ponto percentual em dezembro e mais 0,25 ponto percentual em fevereiro. A grande questão será em torno do aperto quantitativo ou, em outras palavras, o encolhimento do balanço patrimonial do BCE."

O setor imobiliário, mais sensível aos custos dos empréstimos, teve o melhor desempenho na Europa, em alta de 2,5%, devido à queda dos rendimentos dos títulos do governo alemão.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,02%, a 7.466,60 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,78%, a 14.539,56 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,42%, a 6.707,32 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,61%, a 24.730,89 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 ficou estável, a 8.388,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,16%, a 5.880,12 pontos.