Mercado abrirá em 2 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,18
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.814,00
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    37.964,19
    -104,29 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    940,15
    +13,38 (+1,44%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.111,04
    -12,82 (-0,18%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.110,50
    +37,00 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1211
    +0,0028 (+0,05%)
     

Sete startups brasileiras estão em Top 10 de unicórnios latinos; Nubank lidera

·1 minuto de leitura

Sete empresas brasileiras – Nubank, QuintoAndar, Wild Life, Loft, C6 Bank, Mercado Bitcoin e Creditas – ocupam o top 10 da América Latina de startups unicórnio, ou seja, que valem mais de US$ 1 bilhão. A lista traz os valores de mercado das companhias e foi montada pela newsletter The News, voltada a notícias de tecnologia e do mercado financeiro.

A lista considerou o México como parte do mercado latino, embora o país pertença à América do Norte. Portanto, duas empresas citadas são mexicanas.

A fintech Nubank lidera a lista, pois atualmente está avaliada em US$ 30 bilhões (cerca de R$ 155 bilhões na cotação atual). Bem atrás está outra brasileira, a proptech QuintoAndar, com US$ 4 bilhões (R$ 20,7 bilhões), empatada com a mexicana Kavak, de compra de carros usados.

As outras duas empresas não brasileiras a constar no ranking são a colombiana de delivery Rappi e a casa de ativos digitais mexicana Bitso. Metade são de fintechs – Nubank, Bitso, C6 Bank, Mercado Bitcoin e Creditas. Veja o top 10 completo:

  1. Nubank: US$ 30 bilhões

  2. QuintoAndar: US$ 4 bilhões

  3. Kavak: US$ 4 bilhões

  4. Rappi: US$ 3,5 bilhões

  5. Wild Life: US$ 3 bilhões

  6. Loft: US$ 2,9 bilhões

  7. Bitso: US$ 2,2 bilhões

  8. C6 Bank: US$ 2,1 bilhões

  9. Mercado Bitcoin: US$ 2,1 bilhões

  10. Creditas: US$ 1,7 bilhão

O mais recente a entrar nessa turma é o Mercado Bitcoin, que virou unicórnio na semana passada após um aporte de US$ 200 milhões.

O levantamento mostra como o Brasil se tornou uma referência no setor de startups. Além das sete empresas nacionais, as outras três estrangeiras já têm operação no nosso país.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos