Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,49 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,66
    -0,04 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.732,80
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    59.959,46
    +212,41 (+0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,55
    -6,03 (-0,47%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.453,28
    -245,52 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.538,73
    -229,33 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    13.832,50
    +23,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8314
    +0,0672 (+0,99%)
     

Sete dias depois de testar positivo para covid, Salles vai a eventos

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Brazils Environment Minister Ricardo Salles arrives for the swearing-in ceremony of the Brazil's Tourism Minister Gilson Machado, amidst the Coronavirus (COVID - 19) pandemic at Planalto Palace on December 17, 2020 in Brasilia. (Photo by Andre Borges/NurPhoto via Getty Images)
Brazils Environment Minister Ricardo Salles arrives for the swearing-in ceremony of the Brazil's Tourism Minister Gilson Machado, amidst the Coronavirus (COVID - 19) pandemic at Planalto Palace on December 17, 2020 in Brasilia. (Photo by Andre Borges/NurPhoto via Getty Images)

Sete dias depois de testar positivo para covid-19, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou de uma série de encontros presenciais.

Ele teve sintomas da doença, como febre, e testou positivo para o coronavírus em 16 de fevereiro.

Leia também:

No comunicado oficial, a pasta do Meio Ambiente informou que Salles apresentou leve febre, mas passava bem. “Manterá isolamento, conforme orientação médica”, dizia o documento.

A regra de isolamento define que as pessoas confirmadas com covid-19 “devem ser afastadas de suas atividades presenciais por 14 dias, devendo ser apresentado documento comprobatório.

Na terça-feira (23), o ministro participou de um almoço com deputados da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), onde havia cerca de 60 pessoas. Em seguida, compareceu ao lançamento da Agenda +Prefeito, no Palácio do Planalto, inclusive com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Ao ser questionado sobre o protocolo mínimo de isolamento, Salles disse que, na realidade, teria ficado dez dias em isolamento, dos quais em cinco não teria mais apresentado sintomas. “Fui liberado pela equipe médica”, comentou o ministro.

Em março do ano passado, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), general Augusto Heleno, retornou ao trabalho após uma semana de afastamento e também chegou a participar de reunião com o presidente Jair Bolsonaro.

Depois, Heleno pediu desculpas por ter se “enganado” com o protocolo médico que prevê 14 dias de isolamento.

Em uma portaria conjunta dos Ministérios da Saúde e da Economia, está previsto o período de oito dias de isolamento a partir da confirmação do diagnóstico.