Mercado abrirá em 9 h 55 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,43
    +3,28 (+4,81%)
     
  • OURO

    1.796,00
    +7,90 (+0,44%)
     
  • BTC-USD

    57.611,81
    +3.353,19 (+6,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.437,94
    -17,47 (-1,20%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.118,52
    +38,00 (+0,16%)
     
  • NIKKEI

    28.652,88
    -98,74 (-0,34%)
     
  • NASDAQ

    16.234,00
    +183,00 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3002
    -0,0483 (-0,76%)
     

Sete crianças órfãs por dia em São Paulo por causa da Covid-19

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 27.04.2021 - Vista aérea de covas no cemitério de Vila Formosa, zona leste de São Paulo, local que recebe um alto número de vítimas fatais da Covid. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 27.04.2021 - Vista aérea de covas no cemitério de Vila Formosa, zona leste de São Paulo, local que recebe um alto número de vítimas fatais da Covid. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em média, a cada dia, ao menos sete crianças de até seis anos de idade perderam o pai ou a mãe para a Covid-19 no estado de São Paulo.

Do dia 16 de março de 2020 até o dia 24 de setembro deste ano, ao menos 3.836 crianças ficaram órfãs de um dos pais, que morreram vítimas da Covid-19.

Os números foram tabulados pela Arpen-Brasil (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais), entidade que representa os Cartórios de Registro Civil do Brasil e administra o Portal da Transparência.

A entidade levantou os dados a partir do cruzamento entre os CPFs dos pais nos registros de nascimentos e de óbitos feitos nos 836 cartórios de registro Civil do estado desde o ano de 2015, ano em que as unidades passaram a emitir o documento diretamente nas certidões de nascimento das crianças recém-nascidas em todo o território estadual.

Ainda segundo esse levantamento, 64 pais morreram antes de verem os seus filhos nascer também pela Covid-19. Ao menos nove crianças perderam o pai e a mãe para a doença.

"E pelo acordo realizado com a Receita Federal para a emissão do número do CPF na certidão de nascimento, conseguimos levantar estes dados que, mesmo parcialmente, geram impacto", afirma, em nota, Luis Carlos Vendramin Junior, presidente da Arpen/SP.

A quantidade de crianças de até seis anos de idade que ficaram órfãs de pai ou mãe registradas só no estado de São Paulo equivalem a 31,4% do total do Brasil, que teve 12.211 crianças nessa situação.

A maior parte, 25,6% das crianças tinham menos de um ano de idade quando o pai ou a mãe morreu. Os dados foram extraídos a partir de pesquisas em todos os 7.645 cartórios do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos