Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,48
    +0,34 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.883,90
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    23.264,67
    +517,38 (+2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,56
    +8,61 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.685,47
    -8,18 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.766,00
    -10,75 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5768
    +0,0575 (+1,04%)
     

Servidores têm nova tabela de contribuição previdenciária

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Portaria interministerial publicada no Diário Oficial da União desta quarta (11) traz nova tabela de contribuição previdenciária para servidores públicos cujos órgãos respondem ao RPPS (Regime Próprio de Previdência Social).

Os novos valores serão descontados a partir do pagamento de fevereiro. As alíquotas são progressivas e incidem de acordo com a faixa salarial do servidor.

O RPPS (Regime Próprio de Previdência Social) é o sistema de previdência específico de cada ente federativo, que assegura benefícios como aposentadoria e pensão por morte.

Os trabalhadores concursados vinculados a entes públicos da federação como estados, Distrito Federal, municípios e União contribuem ao RPPS para ter direito a seus benefícios previdenciários. Os valores são atualizados anualmente, conforme reajuste salarial. O cálculo tem como base as alíquotas progressivas, variando entre 7,5% e 22%.

A portaria publicada nesta quarta considerou o salário mínimo no valor de R$ 1.302 para calcular as alíquotas.

Tabela de contribuição para segurados RPPS

Alíquota progressiva incide sobre faixa de valores

Salário (em R$) - Alíquota (em %)

até 1.302,00 - 7,5

de 1.302,01 até 2.571,29 - 9

de 2.571,30 até 3.856,94 - 12

de 3.856,95até 7.507,49 - 14

de 7.507,50 até 12.856,50 - 14,5

de 12.856,51 até 25.712,99 - 16,5

de 25.713,00 até 50.140,33 - 19

acima de 50.140,33 - 22

Fonte: Portaria Interministerial Nº 26, de 10 de janeiro de 2023