Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.415,80
    -57,12 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Servidores do BC seguem em greve por tempo indeterminado, diz sindicato

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os servidores do Banco Central decidiram, em assembleia nesta terça-feira (14), manter a greve por tempo indeterminado. A aprovação contou com mais de 80% dos votos válidos, de acordo com o Sinal (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central).

Mais cedo, a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou o convite ao presidente do BC, Roberto Campos Neto, para prestar informações sobre as negociações com os funcionários da autoridade monetária.

O autor do requerimento é o deputado Leônidas Cristino (PDT/CE), presidente da Comissão, e a data da audiência pública ainda será definida.

De braços cruzados desde o dia 3 de maio, após trégua de duas semanas da paralisação iniciada em abril, os servidores do BC apresentaram na última semana uma contraproposta de reajuste salarial de 13,5%, ante 27% no pedido inicial, além de demandas de reestruturação de carreira.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou na última segunda-feira (13) que não haverá reajuste para servidores neste ano. Ele disse, contudo, que está em estudo a possibilidade de dobrar o valor do auxílio-alimentação de todas as categorias ainda em 2022.

A rotina da autoridade monetária segue comprometida, com interrupção na divulgação periódica de estatísticas de crédito e do setor externo e de outros relatórios e dados importantes para o mercado financeiro.

Em meio à greve dos servidores, o BC publicou no dia 6 de junho uma atualização parcial da pesquisa Focus, com as expectativas dos economistas até 3 de junho. Na véspera do Copom, entretanto, o boletim não foi divulgado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos