Serviço público tem a menor participação de negros entre os setores

SÃO PAULO - Um levantamento realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) aponta que no setor público, em que o ingresso ocorre principalmente através do concurso público, a presença entre os ocupados negros é menor em relação aos não negros em todas as regiões pesquisadas pelo Sistema PED.

Segundo o estudo, a explicação para essa diferença, possivelmente, tem origem no fato de cerca da metade dos assalariados públicos terem nível de escolaridade superior. A maior distância entre as participações de negros e não negros assalariados no setor público foi registrada no Distrito Federal, que registrou esse ano um percentual de 19,8% contra 28,7% em 2011.

Ocupação por setor
Já em relação à composição setorial da ocupação, na Construção Civil e nos Serviços Domésticos, onde predominam postos de trabalho com menos exigências de qualificação profissional, foi observado maior participação dos ocupados negros em comparação aos não negros.

Na Construção Civil, setor tipicamente masculino, o estudo verificou que o percentual de homens negros foi bem maior do que não negros. No ano passado, na Região Metropolitana de Porto Alegre, a proporção de homens negros ocupados era superior em 7,4 pontos percentuais ao de não negros, com respectivamente, 17,6% contra 10,2%. Já no setor Serviços Domésticos, em seis regiões analisadas, o emprego assume o papel do segundo setor mais importante para a ocupação das trabalhadoras negras em contrapartida as não negras.

No setor de serviços, os negros acompanham o padrão verificado para os trabalhadores não negros. Porém, em 2011, o setor absorvia mais trabalhadores não negros que os negros. Neste mesmo ano, foi verificado na maioria das regiões pesquisadas que o setor de Serviços absorvia mais da metade dos ocupados, negros e não negros, exceto nas regiões metropolitanas de Fortaleza e de São Paulo, nas quais os negros ocupavam 43,3% e 48,8% dos postos de trabalho, respectivamente.

O Comércio foi o segundo setor com maior participação relativa na distribuição dos ocupados, negros e não negros, em cinco das sete regiões participantes do estudo.

 

Acompanhe as cotações de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa
http://www.infomoney.com.br/onde-investir/fundos-imobiliarios/cotacoes
Carregando...