Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,24
    +1,67 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.769,60
    -14,70 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    56.978,05
    +247,36 (+0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,64
    +11,76 (+0,82%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.006,75
    +137,00 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3854
    -0,0614 (-0,95%)
     

Serviço importante da Microsoft deixará de funcionar nos Windows 7 e 8.1

·2 min de leitura

A Microsoft anunciou nesta sexta-feira (5) que interromperá as atualizações para o aplicativo OneDrive pessoal para usuários do Windows 7, 8 e 8.1 a partir de 1º de janeiro de 2022. Dois meses depois, em março, o programa deixará de sincronizar arquivos com a nuvem, o que deve torná-lo inútil e exigir do usuário o upload manual no sistema.

Essa é uma mudança que pode pegar muita gente de surpresa, afinal o Windows 8.1 tem suporte garantido pela Microsoft até 10 de janeiro de 2023. A integração direta com o serviço de armazenamento na nuvem da empresa era um dos recursos-chave quando houve o anúncio do Windows 8.1, portanto ainda não está muito claro como isso poderá impactar no funcionamento do sistema operacional.

O suporte do OneDrive no Windows 8.1 e Windows 7 estão com os dias contados (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O suporte do OneDrive no Windows 8.1 e Windows 7 estão com os dias contados (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Uma mudança tão relevante provavelmente não seria feita à revelia, sem uma análise prévia dos efeitos, por isso é provável que a Microsoft saiba quem serão os afetados pelo anúncio. Curiosamente, o suporte ao Windows 7 só veio após o desembarque no sucessor, em razão da demanda dos usuários que ainda usavam a versão antiga.

Sem suporte oficial

O suporte oficial ao Windows 7 foi extinto em 2020, mas, como ainda há uma base grande de usuários empresariais, a companhia lança atualizações de segurança periódicas para manter o funcionamento até 10 de setembro de 2023. Isso não deve ser um problema para esse perfil profissional, pois a mudança no OneDrive afetará apenas as contas pessoais, que já não terão suporte ao Win 7 de qualquer maneira.

O Windows 7 já não tem mais suporte oficial da Microsoft (Imagem: Reprodução/Wikipédia)
O Windows 7 já não tem mais suporte oficial da Microsoft (Imagem: Reprodução/Wikipédia)

Aos menos familiarizados com o aplicativo do OneDrive, a função do cliente é realizar a sincronização em tempo real dos arquivos em segundo plano. Assim, é possível editar um texto no Word e todas as alterações serem enviadas simultaneamente para a nuvem, o que evita a perda de trabalhos caso o PC dê algum problema ou falte luz, por exemplo.

Para quem não quer ter que fazer a transferência manual dos arquivos, o jeito é migrar para o Windows 10, cujo suporte oficial irá até outubro de 2025. Ou, em último caso, o jeito é migrar para outro serviço rival e sem tal limitação, como o Dropbox ou o Google Drive.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos