Mercado fechará em 55 mins
  • BOVESPA

    111.969,84
    +2.251,91 (+2,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.664,61
    +204,06 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,83
    -2,51 (-2,66%)
     
  • OURO

    1.817,00
    +9,80 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    24.149,94
    -19,46 (-0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,32
    +3,03 (+0,53%)
     
  • S&P500

    4.266,70
    +59,43 (+1,41%)
     
  • DOW JONES

    33.684,24
    +347,57 (+1,04%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.533,00
    +221,75 (+1,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2049
    -0,1188 (-2,23%)
     

Seremos duros para levar inflação de volta a 2%, diz presidente do Fed de St. Louis

James Bullard, presidente do Federal Reserve de St. Louis

(Reuters) - O Federal Reserve será firme em aumentar a taxa de juros para levar a inflação em máximas de quatro décadas de volta à meta de 2% do banco central dos Estados Unidos, disse o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, nesta quarta-feira.

"Seremos duros e faremos com que isso aconteça", disse Bullard em entrevista à emissora CNBC. "Acho que podemos tomar medidas robustas e voltar a 2%."

Bullard acrescentou que, como a inflação não mostra sinais de alívio até agora, o Fed terá que ver evidências convincentes nas medidas de inflação de que as pressões de preços estão caindo para que possam avaliar que estão fazendo o suficiente.

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos