Mercado fechará em 6 h 6 min
  • BOVESPA

    121.958,29
    +1.252,38 (+1,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.065,21
    +235,90 (+0,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,77
    +0,95 (+1,49%)
     
  • OURO

    1.839,40
    +15,40 (+0,84%)
     
  • BTC-USD

    50.944,75
    +558,32 (+1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.416,55
    +57,99 (+4,27%)
     
  • S&P500

    4.153,13
    +40,63 (+0,99%)
     
  • DOW JONES

    34.310,36
    +288,91 (+0,85%)
     
  • FTSE

    7.023,78
    +60,45 (+0,87%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.221,50
    +121,25 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    -0,0199 (-0,31%)
     

Ser optou por receber em dinheiro multa ligada a negócio com Laureate, diz Ânima

Por Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Ânima Educação comunicou nesta quarta-feira que a Ser Educacional optou receber em dinheiro a multa de 180 milhões de reais referente à rescisão de acordo envolvendo os ativos da norte-americana Laureate no Brasil.

A Ânima assinou o contrato com a Laureate para compra dos ativos no começo da semana, com o acordo incluindo o pagamento pela Ânima à Ser de multa contratual devida pela Laureate - que havia negociado anteriormente a venda dos ativos para a Ser.

A companhia disse que pagará o valor nesta quarta-feira, mantendo os direitos sobre determinados ativos que foram oferecidos na negociação e que continuam sendo objeto de opção de venda pela Ânima e de compra pela Ser pelo prazo de 60 dias, prorrogáveis por no máximo 15 dias.