Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.893,32
    -1.682,15 (-1,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.778,87
    +104,57 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,25
    -0,09 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.776,50
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.621,33
    +104,06 (+0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    385,30
    +20,71 (+5,68%)
     
  • S&P500

    3.621,63
    -16,72 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    29.638,64
    -271,73 (-0,91%)
     
  • FTSE

    6.266,19
    -101,39 (-1,59%)
     
  • HANG SENG

    26.341,49
    -553,19 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    26.678,05
    +244,43 (+0,92%)
     
  • NASDAQ

    12.352,50
    +75,50 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3934
    +0,0322 (+0,51%)
     

Ser desiste da Laureate Brasil e em contrapartida poderá ficar com alguns ativos do grupo

Beth Koike
·1 minuto de leitura

Pelo acordo, a Ser poderá receber a multa de R$ 180 milhões Divulgação/Arquivo Após uma reunião que se estendeu pela madrugada, a Ser Educacional desistiu da Laureate Brasil e chegou a um acordo com a Ânima para ter preferência de compra de alguns ativos do grupo americano no país. Pelo acordo, a Ser poderá receber a multa de R$ 180 milhões, valor da indenização caso o grupo americano optasse por uma proposta de terceiros, ou adquirir a Instituições Faculdade Internacional da Paraíba (FPB) e Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG) por esse mesmo valor. A transação prevê ainda que a Ser Educacional tem a opção de compra de 100% de três instituições de ensino da Laureate: os centros universitários UniRitter e Fadergs, ambos em Porto Alegre, e IBMR, no Rio. “A Ânima Educação concede à Ser, uma opção de compra, por valor fixo pré-acordado, que poderá ser exercida, a exclusivo critério da Ser”, informa comunicado da Ânima. Essa opção pode ser exercida no prazo de 60 dias contados a partir de ontem, prorrogáveis por solicitação de qualquer uma das empresas por no máximo 15 dias. A opção de compra dos ativos poderá ser exercida de forma global ou isolada. A Ser poderá receber os R$ 180 milhões até o dia 4 de novembro ou aguardar o fechamento do negócio entre Ânima e Laureate. Caso essa transação não seja concluída no prazo de 12 meses, a Ser pode exigir o pagamento da quantia em dinheiro.