Mercado abrirá em 7 h 47 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,95
    +0,66 (+0,94%)
     
  • OURO

    1.761,80
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    42.396,40
    -3.382,16 (-7,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.058,25
    -76,13 (-6,71%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.022,12
    -77,02 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    29.953,15
    -546,90 (-1,79%)
     
  • NASDAQ

    15.078,00
    +68,50 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2466
    +0,0019 (+0,03%)
     

Sequoia busca startups na América Latina após sucesso do Nubank

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Sequoia Capital está em busca de novos investimentos na América Latina, comparando o cenário de startups da região ao começo do Vale do Silício.

A Sequoia, uma das empresas de capital de risco mais prestigiadas do mundo, designou as sócias Sonya Huang e Stephanie Zhan para “encontrar ativamente com os fundadores de empresas diariamente”, disse Huang em entrevista por vídeo. A dupla está se preparando para anunciar um novo investimento em breve, parte de um modelo para investir de US$ 50.000 a US$ 500 milhões em um grupo limitado de empresas e trabalhar junto com elas à medida que crescem.

“Estamos vendo o ecossistema de startups começando a se aquecer na América Latina”, disse Huang. “É semelhante ao Vale do Silício nos primeiros dias - há algo no ar quando se trata de otimismo com tecnologia e empresas querendo crescer.”

A Sequoia não tem uma cota de quantas empresas investirá na região, mas geralmente analisa “algumas” por ano, acrescentou Zhan. Os temas incluem fintech, tecnologia imobiliária, empresas de entrega, software e empresas de infraestrutura.

A América Latina ficou atrás dos Estados Unidos e da China na criação de gigantescos conglomerados de tecnologia a partir de startups, mas isso está começando a mudar. Os fundos de venture capital investiram US$ 8,8 bilhões em quase 400 negócios na América Latina em 2021 até agosto, de acordo com dados da PitchBook. Isso é mais do que o capital investido em 2019 e 2020 juntos.

A Sequoia liderou apenas alguns aumentos de capital na América Latina na última década, mas já fez apostas certeiras. Foi o primeiro investidor da maior startup da região, o banco digital brasileiro Nubank. A Sequoia investiu US$ 1 milhão na Nu Pagamentos SA em 2013 em uma rodada semente e agora a empresa com sede em São Paulo vale US$ 30 bilhões e está preparando uma oferta pública inicial. David Vélez, que fundou o Nubank, era sócio da Sequoia há quase uma década, onde era responsável pela prospecção de negócios na América Latina. Ele acabou saindo para criar sua própria startup, com o apoio da Sequoia.

A empresa também liderou rodadas de investimento para a agência de viagens digital Despegar.com, que completou um IPO em 2017, e a empresa de serviços de entrega Rappi. Em julho, também anunciou um investimento na fintech argentina Pomelo como parte da extensão de uma rodada semente.

“Nós realmente queremos ser o primeiro parceiro de longo prazo das empresas, o tempo todo, liderando rodadas em toda a jornada”, disse Zhan. “O Nubank é um exemplo maravilhoso disso.”

A bonança local de startups deu origem a preocupações sobre avaliações desproporcionais e aumento da concorrência, mas a Sequoia ainda vê espaço para crescer.

“Estamos dispostos a pagar por alta qualidade”, disse Huang. “São enormes pools de lucro e o mercado tende a ser grande o suficiente para suportar várias grandes empresas.”

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos