Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,87
    +0,10 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.854,40
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    32.474,08
    -973,17 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    653,79
    -23,11 (-3,41%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    +190,84 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.467,00
    -8,50 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6379
    -0,0141 (-0,21%)
     

Sequência de "baladas" vira, no momento, adversário principal do Atlético-MG na briga pelo Brasileirão

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

O Atlético-MG, dos times grandes do país, é aquele há mais tempo sem conquistar um Campeonato Brasileiro - ganhou a primeira edição sob esta denominação, em 1971, e nunca mais. Na atual temporada, a montagem de um elenco milionário lhe dá a chance de sonhar, só o que o próprio clube parece criar problemas internos que botam em dúvida a sua capacidade de união.

Há cerca de 20 dias, antes de um surto de Covid-19 acometer profissionais alvinegros, o gerente de futebol Gabriel Andreata resolveu fazer uma festa para comemorar seus 41 anos. O evento contou com participação de integrantes da comissão técnica, entre eles Jorge Sampaoli. Coincidência ou não, todos vieram a testar positivo para o novo coronavírus logo em seguida, e este episódio melou um pouco mais a convivência entre o treinador e o presidente Sérgio Sette Câmara.

Agora, vieram as baladas de jogadores. Marrony e Dylan Borrero, inclusive, foram cobrados por integrantes da Galoucura in loco. O atacante, aliás, justificou sua presença pelo fato de, em tese, estar imune por já ter sido contagiado pela doença. Já Eduardo Vargas e Allan estiveram em uma festa privada também no final de semana. "Claro que estamos passando por um momento difícil, mas eles são maiores de idade e sabem das responsabilidades. Então, não cabe a mim tomar nenhuma decisão. Independentemente do que aconteceu, a gente é uma família. Espero que eles aprendam, e o assunto vai ser resolvido internamente", afirmou o lateral-esquerdo Guilherme Arana.

O Atlético-MG é o atual líder do Brasileirão. Chegou aos 42 pontos na última quarta-feira, quando ganhou por 2 a 1 do Botafogo. O time volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Internacional, quarto colocado, no Mineirão.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.