Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.933,06
    -3.061,14 (-8,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Sentimento do consumidor dos EUA tem piora em maio

·1 minuto de leitura
Loja da Whole Foods Market em Washington

(Reuters) - O sentimento do consumidor norte-americano se deteriorou em maio, já que os consumidores ficaram mais preocupados com o aumento da inflação, mostrou uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira.

O Índice de Confiança do Consumidor da Universidade de Michigan caiu para uma leitura final de 82,9, depois de registrar nível final de 88,3 em abril, embora tenha mudado pouco em relação à leitura preliminar de maio, de 82,8.

O resultado veio em linha com a previsão de economistas consultados pela Reuters.

"A confiança do consumidor permaneceu praticamente inalterada ante o nível reduzido registrado em meados do mês", disse o diretor da pesquisa, Richard Curtin, em um comunicado. "Não é de surpreender que o ressurgimento da economia tenha produzido ganhos mais imediatos na demanda do que na oferta, fazendo com que os consumidores esperem um aumento da inflação."

(Por Evan Sully)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos