Mercado abrirá em 5 h 12 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,46
    -0,59 (-0,91%)
     
  • OURO

    1.693,10
    +15,10 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    53.651,75
    +3.233,84 (+6,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.081,50
    +57,30 (+5,59%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.582,02
    +41,19 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.447,50
    +150,25 (+1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9761
    +0,0163 (+0,23%)
     

Senadores republicanos sinalizam oposição ao impeachment de Trump

·1 minuto de leitura
O representante democrata Jamie Raskin lidera outros gestores do impeachment na Câmara ao entregar ao Senado um artigo de impeachment contra o ex-presidente Donald Trump alegando incitamento à insurreição

Os esforços dos democratas dos Estados Unidos para condenar Donald Trump em seu julgamento de impeachment sofreram um novo golpe nesta terça-feira (26), quando quase todos os senadores republicanos apoiaram a rejeição da acusação, realçando o controle que o ex-presidente ainda tem sobre o partido.

A moção falhou depois que todos os 50 democratas e apenas cinco republicanos no Senado não apoiaram a pressão para rejeitar o caso antes do início do julgamento.

O resultado confirmou que os democratas terão dificuldade em persuadir 17 senadores republicanos - o número necessário para a maioria de dois terços exigida - a votarem para condenar Trump.

Rand Paul, senador republicano de Kentucky, levantou uma questão de ordem para realizar uma votação sobre a constitucionalidade do julgamento de impeachment em um momento em que Trump já deixou o cargo.

Os democratas então convocaram uma votação para eliminar a questão de ordem, vencendo por 55 a 45.

Paul disse depois "que 45 senadores concordaram que esta farsa de 'julgamento' é inconstitucional... Este 'julgamento' chegará morto ao Senado".

A Câmara dos Representantes apresentou um único artigo de impeachment ao Senado na segunda-feira acusando Trump de incitar a invasão ao Capitólio no início do mês, dando início ao histórico primeiro julgamento de impeachment de um ex-presidente.

O julgamento de Trump, que sofreu impeachment pela Câmara, de maioria democrata, pela segunda vez, deve começar na semana de 8 de fevereiro.

bgs-elc/jm/ic/am