Mercado fechará em 6 h 44 min
  • BOVESPA

    113.790,92
    -3,36 (-0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,16
    -0,45 (-0,62%)
     
  • OURO

    1.754,30
    -2,40 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    47.415,75
    -589,88 (-1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.203,40
    -29,89 (-2,42%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.043,24
    +15,76 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.510,75
    -7,00 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2343
    +0,0495 (+0,80%)
     

Senadores querem explicações sobre Real digital

·2 minuto de leitura
Plenário do Senado Federal em sessão no dia 19 de agosto de 2021
Plenário do Senado Federal em sessão no dia 19 de agosto de 2021

A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado Federal quer marcar uma audiência pública com o Banco Central do Brasil. Esse pedido partiu do senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL) e conta com apoio de outros parlamentares, que querem explicações sobre o Real digital que está sendo discutido pela autarquia federal.

Os planos para emissão de uma nova moeda digital nacional agora desperta a atenção do legislativo, que parece ainda não entender do que se trata o projeto.

Vale notar que desde 2020 o Banco Central do Brasil criou um grupo de estudos para discutir os futuros de um Real digital. Adotando a tecnologia chamada CBDC, assim como outros bancos centrais pelo mundo, o BCB acredita que essa nova moeda ajudará o país no futuro.

Senadores querem explicações sobre o Real digital em uma audiência pública

Na última quinta-feira (19), o Banco Central do Brasil fez mais uma reunião sobre o Real digital aberta ao público, que contou até com a participação de uma diretora do Facebook na América Latina.

Contudo, o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal, senador Rodrigo Cunha, quer marcar uma audiência pública com representantes do Banco Central do Brasil.

De acordo com a Agência Senado, Rodrigo quer entender em que “pé está essa criação”, sendo de um novo ativo de interesse da população.

“Precisamos saber em que pé isso está e qual o benefício que trará para o povo brasileiro. O assunto é importante e diferente”.

senador Rodrigo Cunha Fonte: Agência Senado explicações real digital
senador Rodrigo Cunha Fonte: Agência Senado explicações real digital

Outro senador que apoiou a iniciativa de convocar uma audiência pública sobre o tema é Jean Paul Prates (PT-RN), que afirmou que as moedas digitais dos governos não são como as criptomoedas como o Bitcoin, abertas e descentralizadas.

“Gostaria de ressaltar que não se trata de criptomoeda brasileira livre, mas de uma moeda regulada pelo Banco Central. Esse é um assunto ainda desconhecido das pessoas, importante e diferente, de inovação, que precisamos discutir”.

A data da audiência pública ainda será confirmada pelos parlamentares, que esperam entender mais sobre o que é o projeto do BCB.

O que está público sobre o projeto até aqui?

O Banco Central do Brasil começou um grupo de estudos sobre o tema no ano de 2020. Mas em 2021, as primeiras diretrizes sobre o que está sendo avaliado pela autarquia foram liberados a público.

Assim, o BCB informou que planeja criar um Real digital inovador, com programação de contratos inteligentes, DeFi, entre outras coisas que não são possíveis com a moeda em espécie.

Além disso, o Bacen faz eventos até o final do ano de discussões públicas em seu canal do YouTube, discutindo com empresas e a população o que será a nova moeda. A expectativa é que após a fase de implementação do Open Banking, o Real digital seja o próximo item da chamada agenda de inovação.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos