Mercado abrirá em 9 h 12 min
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    37,57
    +0,18 (+0,48%)
     
  • OURO

    1.879,30
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    13.247,32
    +30,03 (+0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    262,13
    -10,56 (-3,87%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.582,80
    -146,19 (-2,55%)
     
  • HANG SENG

    24.432,11
    -276,69 (-1,12%)
     
  • NIKKEI

    23.256,80
    -161,71 (-0,69%)
     
  • NASDAQ

    11.235,75
    +103,00 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7393
    +0,0049 (+0,07%)
     

Senadores do Piauí comemoram possível indicação de Kassio Nunes ao STF

Vandson Lima e Rena Truffi
·2 minutos de leitura

Se confirmado, magistrado será o primeiro a representar o Estado no Supremo Senadores do Piauí elogiaram a possível escolha do desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Kassio Nunes, para ocupar a vaga a ser deixada pelo ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado fez carreira no Piauí e atua hoje em Brasília. A indicação surpreendeu até os conterrâneos de Nunes. “Ele mesmo estava trabalhando para ser indicado ao STJ [Superior Tribunal de Justiça]. Era uma aspiração dele. É uma surpresa agradabilíssima”, afirmou Elmano Ferrer (Progressistas-PI), que conhece o desembargador de longa data. “É um irmão de maçonaria, filho de dentista. Uma pessoa de classe média, que chegou onde está por ser sempre muito estudioso. Não tem vínculo com partidos políticos, é muito reservado. Por onde passou, mostrou uma produtividade impressionante. Vai qualificar o STF”, comemorou. Em tom de brincadeira, Elmano disse já ter até enviado mensagens ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), com elogios a Kassio Nunes e se colocando à disposição para ser o relator da indicação. Cabe ao presidente da República indicar o próximo ministro, mas a escolha precisa ser aprovada pelo Senado. O ex-ministro Marcelo Castro (MDB-PI) também considerou uma boa escolha. “Excelente. Tem bom currículo, bom relacionamento, articulado, competente e está à altura do cargo. Será um bom ministro. Uma pessoa de conduta ilibada e está técnica e moralmente à altura do cargo, certamente não encontrará resistência para ser aprovado. Não há polêmicas ou inconsistências em sua biografia. Não há razão para ficar contra a indicação”. Mais cedo, o presidente do Progressistas e homem forte do Centrão, senador Ciro Nogueira (PI), também mostrou entusiasmo com a possibilidade de Nunes compor a Corte. “Sem dúvida, a escolha do presidente Jair Bolsonaro seria um gesto de reconhecimento da capacidade do povo do Piauí e de todo o Nordeste. Todos nós do Piauí estamos na torcida para que se concretize a indicação do dr. Kassio Nunes como novo ministro do Supremo Tribunal Federal, que seria o primeiro piauiense em mais de 50 anos no STF”, escreveu em seu perfil no Twitter. “Ele é considerado um dos desembargadores federais mais produtivos entre seus pares e todos que conhecem a sua trajetória sabem da competência e comprometimento do dr. Kassio Nunes com o seu trabalho”, completou o senador. Ciro Nogueira é denunciado no âmbito da Operação Lava-Jato, cujas ações vêm sendo questionadas no STF. O Progressistas, antigo PP, é um dos partidos mais implicados. O Centrão, grupo de legendas com atuação no Congresso do qual o Progressistas faz parte, aproximou-se recentemente do governo Bolsonaro, passando a indicar nomes para cargos de confiança na gestão. Kassio Nunes (ao centro) participa de solenidade no STM Ramon Pereira/Ascom-TRF1