Mercado fechará em 47 mins
  • BOVESPA

    121.360,51
    +1.439,90 (+1,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.241,71
    +306,80 (+0,63%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,81
    +0,10 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.831,30
    +15,60 (+0,86%)
     
  • BTC-USD

    57.886,17
    +2.214,37 (+3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.495,37
    +59,59 (+4,15%)
     
  • S&P500

    4.234,90
    +33,28 (+0,79%)
     
  • DOW JONES

    34.772,74
    +224,21 (+0,65%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.722,00
    +124,25 (+0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3497
    -0,0169 (-0,27%)
     

Senador republicano apresenta projeto para escrutínio de SPACs

Robert Schmidt
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Um senador republicano apresentou um projeto de lei que exigiria divulgações mais detalhadas para fundadores de empresas de cheque em branco.

O projeto de lei do senador John Kennedy tem como alvo os chamados patrocinadores das empresas de aquisição de propósito específico, ou SPACs na sigla em inglês. Muitas vezes esses patrocinadores são celebridades ou executivos conhecidos de Wall Street que recebem ações especiais nos veículos de investimento. A legislação exige mais transparência nesses acordos que, na avaliação de Kennedy, podem diluir as posições de investidores, segundo comunicado.

“Embora todos possamos reconhecer que celebridades não tendem a ser modelos de planejamento financeiro sólido, muitas vezes são a imagem pública de empresas que vendem ações para americanos que trabalham duro”, disse o republicano do estado da Luisiana. “É certo e justo que uma SPAC divulgue como seus patrocinadores são pagos.”

O crescimento explosivo das SPACs é uma questão que o presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, Gary Gensler, deve confrontar assim que iniciar seu mandato na agência. O projeto de lei de Kennedy exigiria que a SEC redigisse novas regras de divulgação.

As SPACs atraíram um recorde de US$ 80 bilhões no ano passado, com investidores de todo tipo, como o bilionário Bill Ackman, a lenda do basquete Shaquille O’Neal e a ex-estrela do beisebol Alex Rodríguez. As SPACs levantam dinheiro vendendo ações com recursos futuramente usados para comprar uma empresa, embora os investidores não saibam qual será a aquisição quando compram as ações.

Reguladores e alguns participantes do mercado levantaram a preocupação de que, com tantas SPACs chegando, haverá muitas empresas de cheque em branco com poucos alvos de aquisição atraentes. Isso poderia derrubar os preços das ações, gerando grandes perdas para os investidores.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.