Mercado fechará em 2 h 55 min

Senador pede ao STF apreensão de passaporte de Weintraub

Vandson Lima e Renan Truffi

Com a demissão do MEC já anunciada, Abraham Weintraub vai assumir uma diretoria no Banco Mundial em Washington (EUA) Senador pela Rede, Fabiano Contarato (ES) protocolou junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de apreensão do passaporte do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Com a demissão do MEC já anunciada, Weintraub vai assumir, por indicação do governo brasileiro, uma diretoria no Banco Mundial em Washington (EUA).

O senador alega que, como investigado no âmbito do inquérito do STF sobre fake news, Weintraub não pode se ausentar do país.

O documento, endereçado ao ministro e relator Alexandre de Moraes, “requer a determinação da medida cautelar de proibição de saída do país do investigado, Sr. Abraham Weintraub, lançando no sistema de tráfego internacional a referida restrição; por consequência, a decretação de busca e apreensão de qualquer passaporte ou documento de viagem emitido em nome do investigado, tendo em vista o risco ao resultado útil das investigações”.