Mercado fechará em 59 mins
  • BOVESPA

    113.155,51
    +391,25 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.872,14
    +18,77 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,53
    -2,56 (-2,78%)
     
  • OURO

    1.793,70
    -21,80 (-1,20%)
     
  • BTC-USD

    24.116,54
    -177,45 (-0,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,56
    -18,20 (-3,08%)
     
  • S&P500

    4.297,79
    +17,64 (+0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.920,09
    +159,04 (+0,47%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.675,50
    +97,75 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    -0,0250 (-0,48%)
     

Senado quer incluir taxistas em PEC de auxílio

Senado inclui taxistas em PEC de auxílio a caminhoneiros
Senado inclui taxistas em PEC de auxílio a caminhoneiros
  • Taxistas receberão um valor de R$ 300 mensais;

  • Proposta foi do senador Eduardo Braga (MDB-AM);

  • PEC inclui também um aumento no Auxílio Brasil e no vale-gás.

O relator do Senado da PEC que cria o auxílio-caminhoneiro, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), vai incluir em seu texto a proposta do senador Eduardo Braga (MDB-AM), de estender o benefício a taxistas. A ideia é subsidiar em parte o combustível pago pelas duas categorias de trabalhadores.

Inicialmente a ideia da emenda à PEC de Braga consistia em um auxílio que englobasse todas categorias de motoristas autônomos que trabalham com transporte, como motoristas de aplicativos, taxistas, condutores de pequenas embarcações e motociclistas de aplicativo.

No entanto, a base do governo se mostrou contrária a proposta, que foi negociada para abarcar somente os taxistas. De acordo com Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente da República, o custo deve girar em torno de R$ 2 bilhões. "O presidente Bolsonaro entrou no circuito, em razão de certa resistência do Ministério da Economia", afirmou Flávio.

Na proposta original, ainda, eram previstos pagamentos mensais de R$ 300 até o fim do ano. Mesmo aprovada a mudança, Bezerra Coelho ainda não informou se os valores se mantêm os mesmos. Segundo Braga, a exclusão dos motoristas de aplicativo se deu por conta da dificuldade de, em primeiro momento, operar os pagamentos. Para os taxistas, os pagamentos serão feitos através da Caixa Econômica Federal, que terá acesso aos dados pelas prefeituras.

Flávio Bolsonaro ainda afirmou que o governo pode vir a propor um auxílio aos motoristas de aplicativos e outras categorias excluídas deste em uma nova PEC. Por enquanto, nesta Proposta de Emenda à Constituição estão incluídas um "pacote de bondades" totalizando R$ 38,75 bilhões, com a criação do auxílio caminhoneiro de R$ 1 mil, o aumento do Auxílio Brasil para R$ 600, e do vale-gás para R$ 120. A PEC tem validade para até o fim de 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos