Mercado abrirá em 5 h 28 min

Senado debate condições de trabalho em redes de fast food

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 25.04.2016 - O senador Humberto Costa (PT-PE). (Foto: Alan Marques/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 25.04.2016 - O senador Humberto Costa (PT-PE). (Foto: Alan Marques/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Comissão de Direitos Humanos do Senado fará na próxima segunda-feira (8) audiência pública para discutir as condições de trabalho de jovens em redes de fast food.

A iniciativa foi motivada por acusações de assédio sexual e racismo em unidades do McDonald's no Brasil. Um inquérito no Ministério Público do Trabalho de São Paulo foi aberto a respeito.

A direção da empresa foi convidada para a sessão, proposta pelo senador Humberto Costa (PT-PE), mas ainda não confirmou presença.

A audiência terá a presença de dez trabalhadores que ingressaram com ações na Justiça, além de representantes do Chile e da Colômbia. Os casos estão sendo levantados pela campanha Sem Direitos Não É Legal, que conta com o apoio de centrais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos