Mercado fechará em 5 h 44 min
  • BOVESPA

    130.661,35
    +1.220,32 (+0,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.152,49
    -133,97 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,67
    +0,76 (+1,07%)
     
  • OURO

    1.866,70
    -12,90 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    40.622,71
    +4.737,91 (+13,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.010,23
    +41,39 (+4,27%)
     
  • S&P500

    4.239,00
    -8,44 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.333,30
    -146,30 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.152,93
    +18,87 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    13.991,25
    -3,00 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1587
    -0,0339 (-0,55%)
     

Senado aprova projeto que proíbe reajuste de medicamentos para este ano

·1 minuto de leitura
Medical ampoules, pill and bottle on the white table
Medical ampoules, pill and bottle on the white table

Um projeto de lei que proíbe o reajuste de preços de medicamentos para 2021 foi aprovado pelo Senado nesta quinta-feira (13).

Leia também:

Apresentada pelo senador Lasier Martins (Podemos-RS), a proposta destacou os impactos da pandemia do coronavírus na economia e recomendou não aumentar os valores dos remédios enquanto durar a emergência sanitária.

O relator da proposta, senador Eduardo Braga (MDB-AM), explicou que não é um congelamento de preços e sim “uma suspensão de qualquer reajuste no teto estabelecido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMed), tanto para preços de fabricantes, como para preços a varejo, ao consumidor”.

A proposta segue agora para a Câmara dos Deputados.