Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,59 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,53
    -0,62 (-0,86%)
     
  • OURO

    1.818,80
    -42,60 (-2,29%)
     
  • BTC-USD

    38.442,88
    -1.656,01 (-4,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,10
    -31,37 (-3,16%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,66 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,66 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.923,00
    -58,25 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0726
    +0,0106 (+0,17%)
     

Senado aprova MP que facilita acesso a crédito bancário na pandemia

·1 minuto de leitura
Plenário do Senado

BRASÍLIA (Reuters) - O Senado aprovou nesta terça-feira a Medida Provisória 1028, que facilita o acesso a crédito bancário durante a pandemia, que segue à sanção presidencial.

A MP dispensa instituições financeiras privadas e públicas, inclusive as suas subsidiárias da exigência de documentos que atestem regularidade fiscal para a concessão de crédito ou a renegociação de empréstimos.

As regras terão validade, pelo texto da medida, até 31 de dezembro de 2021.

O texto também prevê que até 31 de dezembro de 2021, nas operações de crédito que envolvam recursos públicos, deverá ser dado tratamento diferenciado às microempresas e às empresas de pequeno porte, assim como às cooperativas com faturamento anual de até 4,8 milhões de reais e aos setores mais atingidos pela pandemia da Covid-19, de acordo com regras a serem editadas pelo Poder Executivo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)