Mercado fechado

Semana do Brasil: governo Bolsonaro cria nova 'Black Friday'

Saiba mais sobre a 'Black Friday' do Brasil (Getty Images)

Com o mesmo objetivo da ‘Black Friday’, na qual a indústria, o varejo e o setor de serviços promovem descontos para aumentar as vendas de serviços e produtos de consumo, governo brasileiro lança a Semana do Brasil, que acontece nos dias 6 a 15 de setembro.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Adesão de 300 empresas

Anunciada oficialmente em 28 de agosto, a Semana do Brasil, de acordo com o Ministério do Turismo, já tem a adesão de 300 empresas de diversos setores. O objetivo principal é fortalecer as vendas no mês de setembro, em geral, menores do outros meses que possuem datas marcantes para vendas.

Leia também

O papel do Governo Federal é divulgar a Semana do Brasil, enquanto a iniciativa privada têm a missão de estimular o mercado por meio de promoções. Segundo o Ministério do Turismo, a proposta do governo é engajar associações comerciais e entidades ligadas ao setor de turismo e serviços para oferecer produtos brasileiros a preços promocionais.

Turistas estrangeiros

O ministério informa que empresas de turismo já estão oferecendo passagens aéreas e diárias mais baratas trazer estrangeiros para o Brasil. O governo aposta no fato de turistas de países como Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão, por não necessitarem de vistos, possam optar pelo Brasil como destino.

Empresas como Claro, Havan, Livraria Cultura, Pão de Açúcar e Ricardo Eletro, bem como os bancos públicos, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, já confirmaram presença na Semana Brasil.

Inspiração nos Estados Unidos

A Semana Brasil foi criada pelo SECOM (Secretaria Especial de Comunicação Social) em conjunto com o IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo). A inspiração vem dos feriados nacionais norte-americanos que promovem grandes descontos nessas ocasiões.

Empresas interessadas em participar podem obter o Selo e o Manual de Identidade no site. A campanha publicitária, criada pela agência NBS, tem a previsão de entrar em canais de TV abertos e rádios a partir do dia 1° de setembro.